Prejuízo estimado pela Polícia Civil ultrapassa os R$500 mil

Policiais da 71ª DP (Itaboraí) prenderam em flagrante dois suspeitos de integrar uma quadrilha que fraudava benefícios da Previdência Social. William Oliveira da Silva e João Gregório da Silva Reis foram autuados por organização criminosa e furto. Segundo a polícia, eles realizavam saques de aposentadoria, Bolsa Família e outros benefícios de correntistas da Caixa Econômica Federal. O valor estimado do prejuízo ultrapassa os R$500 mil.

Segundo a delegada Patricia Uana, os policiais também apreenderam diversos objetos relacionados à prática de fraude, como cartões clonados com senhas, extratos bancários dos cartões fraudados, máquinas de cartões, componentes de fabricação de cartão, dinheiro em espécies e informações técnicas sobre como fraudar as máquinas.

William, um dos presos, foi flagrado quando realizava um saque em uma agência bancária em Maricá. João Gregório, que era técnico de manutenção, foi identificado como responsável por instalar as máquinas fraudadas. 

A quadrilha atuava em municípios do Rio e de São Paulo

As investigações apontam que a quadrilha atua em diversos municípios do Rio de Janeiro e de São Paulo. A polícia informou que as investigações continuam, para identificar outros suspeitos e traçar o destino dos valores roubados.

Fonte :O DIA

Faça o seu comentário