Muito triste está notícia. Todos os anos quando inicia o tempo quente, muitas pessoas buscam se banharem no Rio Guandu, esquecendo o perigo que isso representa.

Muitas crianças saem escondidas dos pais, e vão com seus amiguinhos se banharem no Rio Guandu, ou nas lagoas que existem nas regiões próximas, tanto em Seropédica, como em Nova Iguaçu.

O garoto Guilherme Mendes de Sousa de 10 anos, e seus amiguinhos, que moram na Lagoinha Nova Iguaçu, resolveram tomar banho, neste último domingo (6), na localidade conhecida como Prainha. Em dado momento Guilherme acabou desaparecendo nas águas turvas do Rio Guandu.

Os Bombeiros do Destacamento de Seropédica; 1º Sgt Alexandre Santos o 1º Sgt Nascimento e o 2º Sgt Alexandre Reis foram chamados para ocorrência, mas foi preciso acionar a Guarnição de Mergulhadores de Busca e Salvamento da Barra da Tijuca. Compareceram os mergulhadores: Sub Ten Junior, o 1º Sgt Andre Matos e o Cb Emanoel para procurar o corpo da criança. Apesar de fazerem vários mergulhos, não conseguiram localizar o corpo de Guilherme. Nesta terça-feira vão continuar as buscas.

Vários pescadores da localidade, como o ambientalista Edson, estiveram participando da busca até escurecer.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, há uma série de medidas para evitar afogamentos, como: procurar um local conhecido por você ou por outra pessoa, desde que ela o acompanhe; não ultrapassar faixas e placas de avisos; não entrar em locais onde há avisos de perigo de morte ou em águas poluídas ou que tenha correnteza; procurar sempre local onde existe a presença de guarda-vidas ou Corpo de Bombeiros; evitar nadar sozinho; não tomar bebida alcoólica antes de entrar na água; não se afastar da margem; não saltar em locais elevados para dentro da água; não tentar salvar pessoas em afogamento sem estar habilitado, se for criança sempre esteja acompanhado de um adulto responsável por ela.

 

Faça o seu comentário