Sete alunos foram agredidos e assaltados por bandidos armados

Um grupo de estudantes foi assaltado na saída da aula do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) de Paracambi, na Baixada Fluminense. O crime aconteceu na noite da última sexta-feira. Uma aluna contou que eles foram roubados e agredidos por três bandidos. Pelo menos um deles estava armado.

— O bandido saiu do carro e gritou: “Perdeu, perdeu!”. Eu fiquei com medo e abaixei. Foi quando ele me bateu. Não sei se foi um soco ou um chute. Porque eu estava com os olhos abertos e não via nada — contou uma das vítimas.

Os homens agrediram pelo menos dois dos setes estudantes. Uma menina que tentou correr do local no momento do assalto conta que o assaltante chegou a colar o cano da arma no pescoço dela.

— Eu não conseguia pegar meu celular porque ele estava bem no fundo da mochila. Fiquei tão nervosa que não conseguia tirar. Aí ele começou a gritar e eu dei a mochila toda — afirmou a jovem.

O colégio federal fica localizado no bairro Fábrica, zona central da cidade. Alunos e professores relatam que assaltos são constantes na unidade. Para chegar à escola, é preciso passar por um caminho que, segundo eles, não há policiamento.

Os estudantes contaram que registraram o caso na 51ª DP (Paracambi). Segundo eles, os policiais encontraram o carro usado no crime, mas ele era roubado de Mangaratiba. Ainda de acordo com os alunos, foi encontrado um simulacro de arma de fogo dentro do veículo. A reportagem procurou a Polícia Civil, que não respondeu os questionamentos.

— Nós chamamos a polícia assim que acabou o assalto. Mas a viatura demorou a chegar — conta.

A cidade de Paracambi registrou, entre janeiro e abril de 2018, o maior índice de roubos de rua nos últimos dez anos. Foram 40 casos contra 22 em 2015. Em 2009, foram apenas 5. O indicador de roubo de veículos também nunca foi tão alto. Foram 19 neste período de 2018; contra 11, em 2015; e 3, em 2009.

Fonte: O Globo