À Comunidade Universitária da UFRRJ

No dia 29 de setembro de 2020, ocorreu a queda de uma marquise no Centro de Atenção Integral à Criança Paulo Dacorso Filho (CAIC). Diante deste evento, a direção do CAIC acionou o gabinete da Reitoria, que solicitou à equipe técnica da Copea/Propladi a elaboração de um parecer técnico.

A visita da equipe técnica ao colégio aconteceu no dia 6 de outubro, e o laudo foi concluído no dia 19 de outubro. O laudo recomenda a interdição do prédio até a avaliação do exposto no parecer, que relata uma condição de infraestrutura deteriorada e a necessidade de  manutenção.

Conforme o parecer da equipe técnica, “a estrutura pré-moldada que constituem as escolas conhecidas como CAIC apresentam uma característica muito desfavorável à durabilidade, que é o baixo cobrimento das armaduras. Esta característica desfavorável dificulta inclusive a manutenção e os necessários reparos ao longo do tempo, pois qualquer intervenção acaba por alterar as dimensões das peças pré-moldadas, tornando-se mais robustas e por consequência mais pesada, sem que isso gere o benefício de elevar sua capacidade de suporte”.

Essa infraestrutura desfavorável constitui um alto custo de manutenção e necessidade de tomada de decisões e encaminhamentos. Dessa forma, e diante do parecer, a Administração Central da UFRRJ está tomando os seguintes encaminhamentos junto com a Prefeitura Municipal de Seropédica:

1)            Definição de um novo espaço temporário para receber os alunos após o retorno presencial; e

2)            Agendamento de reunião com o MEC para apresentação do problema e solicitação de recursos para construção de novo espaço.

Na expectativa de termos prestado todas as informações pertinentes ao tema, nos colocamos à disposição para novos esclarecimentos que se fizerem necessários.

 

Seropédica, 11 de novembro 2020.

Administração Central da UFRRJ.