As obras de modernização da rede de fibra ótica da UFRRJ continuam. Desta vez, foi o Colégio Técnico da Universidade Rural (Ctur) que recebeu novo cabeamento.

A ação permite melhorias de velocidade e da capacidade de tráfego de dados, que será dez vezes maior do que a proporcionada pelo cabeamento antigo.

A nova rede também confere mais autonomia e segurança ao Ctur. Com a maior profundidade no lançamento do cabo, aumenta a proteção contra chamas e roedores. Agora, são menores as chances de interrupção provocadas por ação de animais, por queimadas ou por uso de maquinário agrícola nas áreas próximas à instalação.

“Esta ação também vem ao encontro as medidas dos Estudos Continuados Emergenciais (ECE), tendo em vista a necessidade de melhorias de acesso a Internet no Ctur”, explica Roberto Rodrigues, pró-reitor de Planejamento, Avaliação e Desenvolvimento Institucional.

De acordo com a Propladi, as próximas ações de melhorias de cabeamento da fibra ótica serão, respectivamente, o prédio dos alojamentos universitários, serviço já empenhado; os prédios da Geociência; a Fazendinha; e a Psicologia.

“Mesmo em meio às dificuldades enfrentadas durante a pandemia causada pela Covid-19, a UFRRJ se mantém firme nas melhorias da sua infraestrutura ligada a Tecnologia da Informação (TI)”, conclui o pró-reitor.

Para conferir quais os prédios já receberam as obras de expansão da rede de fibra ótica, clique aqui.

Fonte: UFRRJ

Faça o seu comentário