A mais recente visita de uma delegação chinesa à UFRRJ, na segunda-feira, 25, resultou na criação de um grupo de trabalho para discutir acordos de cooperação técnica nas áreas de agricultura orgânica e ensino de língua chinesa entre a Rural e a Universidade de Hubei.

Estiveram no câmpus Seropédica, o cônsul-geral da China Li Yang e o vice-governador da província de Hubei Yang-Yunyan. Eles vieram conhecer o sistema de produção agroecológica da universidade e o projeto Fazendinha Agroecológica Km 47.  Os chineses foram recebidos pelo reitor, pela pró-reitora adjunta de Extensão Gabriela Rizo, pelo coordenador da Coordenadoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais (Corin) José Luque e pela professora Anelise Dias, do Instituto de Agronomia.

Anteriormente, houve quatro reuniões entre o consulado e a Rural, a fim de direcionarem alguns interesses entre as universidades. No último encontro, de acordo com o coordenador da Corin, foi decidido pela formação de um grupo de trabalho entre a Pró-Reitoria de Extensão, a Corin e representantes do consulado chinês com o objetivo de elaborar o acordo de colaboração entre as instituições. O foco será no intercâmbio de estudantes e docentes nas áreas de ciências agrárias, do idioma chinês, e linhas de pesquisa de ciências biológicas e da saúde. “A Rural é a única universidade do país que foi visitada pelo cônsul, e é a única do Rio de Janeiro que está fazendo parceria com eles”, informou José Luque.

 A presença do cônsul chinês e do vice-governador de Hubei para conferir o trabalho da Rural demonstrou o interesse em firmar a parceira, avalia a professora Gabriela Rizo. “É um trabalho diplomático que a Proext e a Corin vêm fazendo, e a gente acredita que, no ano que vem, vai ser consolidado através dos primeiros intercâmbios”, diz Rizo.

Fotos: Thaís Melo –  jornalista Proext

Fonte: UFRRJ

Faça o seu comentário