Foi realizado na manhã desta última sexta-feira (22), no Auditório da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes de Seropédica, capacitação de Nutricionistas e Conselheiros da Alimentação Escolar, com profissionais envolvidos no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), que atuam no Centro Colaborador de Alimentação e Nutrição (CECANE). A capacitação foi ministrado pela equipe técnica do FNDE/PNAE, Irisneide Fernandes Batista, e CECANE/UNIFESP, Patrícia Ribeiro de Melo.

O Diretor de Compras da Secretaria de Educação, Saulo Tarsos Santos Soares que participou desta capacitação disse: “O Programa Nacional de Alimentação Escolar, está fazendo um monitoramento da execução do plano no nosso município, tendo em vista que o município não está recebendo os recursos, por falta de prestação de contas do conselho de alimentação escolar da outra gestão. O novo Conselho está aqui presente neste evento recebendo capacitação, para que no ano de 2018, nós tenhamos este recurso financeiro. Atualmente a Prefeitura de Seropédica compra toda alimentação escolar com recursos próprios” destaca. 

O Seropédica Online perguntou ao Saulo Tarsos se há possibilidade de a Prefeitura comprar do pequeno Agricultor Familiar a alimentação servida nas escolas. 

Saulo disse: “A Agricultura Familiar será implantada no município, estamos estudando todas as leis, a legislação vigente, de acordo com o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), faremos o correto para nós não sofremos penalidades de ficar novamente sem os recursos do Governo Federal.

Seropédica Online, Qual é a vantagem de comprar do Pequeno Agricultor Familiar?

Saulo disse: Primeiros podemos exigir do Agricultor que alimentação não tenha agrotóxico, seja orgânica, em segundo lugar estaremos gerando emprego e renda para esses agricultores do município, e em terceiro lugar teremos contato direto com o produtor rural.

O evento contou também com a presença da Secretária de Educação, Cultura e Esportes de Seropédica, Sônia Oliveira de Souza, profissionais de alimentação escolar do municipio do Conselho de Alimentação Escolar do município, e de nutricionistas dos municípios, Nova Iguaçu, Queimados e Japeri.

Os Benefícios dos Alimentos Orgânicos

Nas últimas décadas houve um crescimento muito grande com relação à preocupação com a saúde, por isso as pessoas começaram a investir numa alimentação mais saudável. Essa mudança de comportamento propiciou o desenvolvimento de novas técnicas de produção na agricultura, que culminaram com a produção de alimentos orgânicos. Apesar de este tipo de alimento ainda soar um pouco estranho para a maioria da população, um número significativo de pessoas no Brasil e também no mundo já descobriram os benefícios de adquirir produtos orgânicos.

Mas, qual é a diferença entre os alimentos orgânicos e não orgânicos? Ao contrário dos alimentos convencionais, os produtos orgânicos utilizam técnicas específicas, que respeitam o meio ambiente durante todo o seu processo de produção. Além do mais, eles também visam a qualidade do alimento, já que não são usados agrotóxicos nem qualquer outro tipo de produto -como adubos químicos que possam acarretar algum dano à saúde de quem consumir o alimento. Ou seja, eles são obtidos de maneira mais natural, por isso são mais saudáveis e até mais saborosos e nutritivos.

Pela técnica convencional de produção de alimentos, utiliza-se maquinário pesado e insumos químicos. Como consequência há desgaste do solo, contaminação de alimentos por agrotóxicos e diminuição da qualidade dos alimentos. Por outro lado, a técnica utilizada na produção de alimentos orgânicos dispensa o uso de qualquer tipo de contaminantes que ponham em risco a saúde do agricultor, do meio ambiente e do consumidor, preservando portanto a saúde humana e ambiental. Existe um cuidado especial com a água e com o solo, que é preservado, sendo utilizada matéria vegetal e animal para a adubação (húmus de minhoca, esterco curtido, adubação com leguminosas). O controle biológico de pragas de forma limpa é outra preocupação dos produtores de alimentos orgânicos.

Já podem ser encontradas frutas, verduras, legumes, grãos, ovos e carnes orgânicos. No caso da produção de ovos e carnes, o cuidado com o rebanho ou a granja é ainda maior, já que os animais não podem ter estresse. Além do mais, a alimentação é feita com grãos, cereais, sementes, verduras e legumes orgânicos. Os animais também são criados sem a aplicação de hormônios, anabolizantes e antibióticos. Por todos esses motivos, os ovos e as carnes orgânicas são mais saudáveis.

Faça o seu comentário