Com muita alegria e descontração alunos da rede municipal de ensino de Seropédica festejaram o Arraial de São João no início das férias escolares.

As Escolas Municipais José Albertino, Escola Estadual Municipalizada Prof. Creuza de Paula Bastos e a Escola Municipal Panaro Figueira realizaram seus Arraiais  nos dias 11 e 12 de julho, com danças e com muita brincadeira entre os alunos, e era comum estre as escolas a barraca da pescaria.

Não faltaram as comidas típicas como: canjica, a pamonha, curau, o milho cozido, a pipoca, o bolo e a broa de milho, também pratos típicos como o arroz-doce, a cocada, o bom-bocado, o quentão, o vinho quente, o pé-de-moleque, a batata-doce, o bolo de amendoim, o bolo de pinhão e outros.

Aproveitando as informações da história das festas juninas no Brasil e da nossa região, que aliás virou festas julinas em função do calendário escolar, porque julho é o mês de férias dos alunos de Seropédica.

O mês de Junho caracterizado por danças, comidas típicas, bandeirinhas, além das peculiaridades de cada região. É a Festa Junina, que se inicia no dia 12 de Junho, véspera do dia de Santo Antônio e encerra no dia 29, dia de São Pedro. O ponto mais elevado da festa ocorre nos dias 23 e 24, o dia de São João. Durante os festejos acontecem quadrilhas, forrós, leilões, bingos e casamentos caipiras.

A tradição de comemorar o dia de São João veio de Portugal, onde as festas são conhecidas pelo nome de Santos Populares e correspondem a diversos feriados municipais: Santo Antônio, em Lisboa; São Pedro, no Seixal; São João, no Porto, em Braga e em Almada.

O nome “junina” é devido à sua procedência de países europeus cristianizados. Os portugueses foram os responsáveis por trazê-la ao Brasil, e logo foi inserida aos costumes das populações indígenas e afro-brasileiras.

A festa de São João brasileira é típica da Região Nordeste. Em Campina Grande, na Paraíba, a festa junina atrai milhares de pessoas. A canjica e a pamonha são comidas tradicionais da festa na região, devido à época ser propícia para a colheita do milho. O lugar onde ocorrem os festejos juninos é chamado de arraial, onde há barracas ou um galpão adaptado para a festa.

As festas de São João são ainda comemoradas em alguns países europeus católicos, protestantes e ortodoxos. Em algumas festas europeias de São João são realizadas a fogueira de São João e a celebração de casamentos reais ou encenados, semelhantes ao casamento fictício, que é um costume no baile da quadrilha nordestina.

 

 

Faça o seu comentário