Foi vacinado nesta terça-feira (10), 836 animais entre cachorros e gatos nos Bairros Mutirão e Jardins. Na próxima terça-feira (17) a Coordenadoria de Vigilância Sanitária, estará na Praça do Km 42 e na Praça do Bairro Santa Sofia a partir das 9 horas.

“Embora, nos dias de hoje, a raiva seja uma doença considerada um tanto incomum, ela ainda é tida como uma grande preocupação por parte dos donos de pets. Incurável nos animais e fatal em 100% dos casos, a doença é uma zoonose e, portanto, também pode afetar os seres humanos – sendo que a vacina antirrábica é, ainda hoje, a sua única forma de prevenção” destaca a Coordenadora de Vigilância Sanitária, Daniela Zanoni Bausen.

Transmitida por meio da saliva dos animais contaminados, a raiva é passada, principalmente, pela mordida dos animais doentes, sejam eles gatos ou cães. Nos cachorros e no homem, o vírus da doença pode permanecer encubado por até 2 meses antes que os seus sintomas (também bastante similares) comecem a aparecer; sendo que, nos gatos, a doença destaca sinais diferenciados, mas não menos agressivos.

 

Edição de matérias sobre Seropédica e atualidades.

Faça o seu comentário