Dicas te ajudam a descobrir a sua conta foi invadida e a recuperá-la sem precisar mudar de número.

Recuperar o WhatsApp clonado é um procedimento simples e importante para garantir que terceiros não tenham acesso às suas conversas e dados pessoais. Por ser o mensageiro mais popular do mundo, o aplicativo é alvo constante de tentativas de invasão por criminosos hackers, mas há meios de identificar quando a sua conta está sendo utilizada por outra pessoa e também de protegê-la de possíveis ataques.

Para te ajudar a descobrir se o seu WhatsApp foi invadido e a recuperar a sua conta sem precisar trocar o número de celular, montamos um passo a passo com dicas de segurança para o app. Veja o tutorial completo nas linhas a seguir.

 

Como descobrir se seu WhatsApp foi clonado

1. Aviso de conta uso em outro aparelho

O WhatsApp não permite que dois smartphones utilizem a mesma conta simultaneamente. Por isso, se alguém logar com a sua conta em outro dispositivo, você será desconectado imediatamente, e receberá o aviso “Não foi possível verificar este telefone. Provavelmente, porque você registrou outro número de telefone no WhatsApp em outro aparelho.”

Isso pode ter acontecido porque alguém clonou o seu número e fez login em outro celular ou porque você recebeu um código SMS de acesso sem ter pedido.

2. Atividades estranhas em sua conta

Outra forma de perceber indícios de que a sua conta foi invadida é observar as atividades. A mais óbvia é ficar atento às mensagens enviadas. Pode ser que alguém esteja tentando se passar por você em conversas com seus amigos e grupos.

Além disso, verifique se mensagens recebidas que você ainda não tinha lido aparecem no seu mensageiro com o status de “lidas”, o que também pode denunciar um acesso indevido.

Imagem: Urupong/iStock

3. Verifique se há outras sessões ativas no WhatsApp Web

Como foi dito anteriormente, não é possível logar simultaneamente em dois celulares com a mesma conta do WhatsApp. No entanto, é possível utilizar o WhatsApp Web no computador por meio de um QR Code. Caso você tenha esquecido uma sessão conectada em computadores de terceiros, ou alguém tenha pego o seu smartphone por um instante para ter acesso ao QR Code, é possível que as suas mensagens possam estar sendo acessadas por alguém não autorizado.

Para verificar se há outras sessões abertas no WhatsApp Web, abra o aplicativo no seu celular e toque no menu, representado por três pontos. Em seguida, toque em “WhatsApp Web” e cheque as sessões ativas. Se alguma for suspeita, toque sobre ela para desconectar.

 

Como recuperar WhatsApp clonado/roubado

Para garantir que ninguém além de você utilize a sua conta, desinstale o aplicativo e o instale novamente. Você terá que entrar com o seu número de celular e receberá um código SMS de seis dígitos, que é exclusivo. Não compartilhe o código com ninguém.

Ao inserir o código no aplicativo, qualquer um que o esteja utilizando em outro aparelho será desconectado automaticamente.

Verificação em duas etapas

Se a pessoa que estava logada em sua conta do WhatsApp tiver ativado a verificação em duas etapas, você deverá aguardar sete dias para voltar a utilizar o mensageiro. Nesse período, ninguém mais poderá utilizar a conta, já que você terá inserido o código de seis dígitos enviado por SMS.

Como proteger seu WhatsApp contra golpes e invasões

Para evitar cair em golpes, a principal dica é não clicar em links estranhos no WhatsApp, mesmo que eles sejam enviados por amigos, familiares ou pessoas conhecidas. Você também deve manter em sigilo o código de acesso que recebe por SMS para acessar o mensageiro e evitar o compartilhamento de dados pessoais, como conta e senhas de banco, endereço, RG e CPF.

Outra dica é utilizar a verificação em duas etapas para adicionar uma camada extra de proteção à sua conta. O procedimento é simples:

1. Acesse o menu do WhatsApp tocando sobre os três pontos na lateral direita. Em seguida, vá em “Configurações”.

2. Toque em “Conta” e, depois, vá em “Confirmação em duas etapas”.

3. O aplicativo irá pedir um PIN (senha) de seis dígitos que deverá ser inserido sempre que você for utilizar o WhatsApp em outro aparelho. Você também deverá definir um e-mail para recuperação de senha, em caso de esquecimento.

 

Pronto. Agora seu WhatsApp está protegido. Siga as dicas acima para evitar golpes e acessos indesejados à sua conta.

Fonte: Seleções

Faça o seu comentário