Pesquisadores da USP desenvolveram em laboratório uma uva que tem mais concentração de uma substância que previne doenças do coração. A variedade deve chegar ao mercado em dois anos.

Fonte: BAND