Prefeitura de Seropédica participa do 11º Encontro de Secretários de Trabalho da Baixada Fluminense

0
59

A Prefeitura de Seropédica através da Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda participou deste último dia 21 de junho do 11º Fórum de Secretários Municipais de Trabalho da Baixada, que aconteceu no município de Belford Roxo, e contou com a presença de todos os representantes dos 13 municípios: (Seropédica, Mesquita, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Duque de Caxias, Paracambi, Japeri, Queimados, Nilópolis, Itaguaí, Magé e Guapimirim).

Este encontro teve como Pauta Única da Baixada Fluminense na consolidação de discurso Únicos para os 13 municípios. “A baixada fluminense tem uma característica comum entre os municípios onde existem os mesmos problemas, mesmo com as densidades demográficas diferenciadas de cada cidade. O primeiro problema é a empregabilidade, apesar do esforço realizado pelo Governador Claudio Castro. As empresas estão chegando, e nós não temos a mão de obra qualificada. Nós temos de trabalhar na recuperação das empresas aqui instaladas, com incentivos, e acima de tudo preparar a mão de obra local. Exemplo disso é um funcionário de uma empresa aqui instalada levar em média duas horas para chegar ao local de emprego. Agora se preparássemos a mão de obra local, o funcionário levaria no máximo 15 minutos para chegar ao seu local de trabalho. Essa ideia de preparar a mão de obra qualificada local tem dois fatores importantes, a primeira a melhora a qualidade de vida do funcionário e a segunda, é bom para empresa que aumenta a produtividade. Esse é o caminho que os municípios deverão trabalhar, qualificar e requalificar a mão de obra local”. Destaca o Secretário de Trabalho Emprego e Reanda de Seropédica Nelson Matos.

Uma das discussões do Fórum foi sobre o primeiro emprego, onde o Jovem Aprendiz na maioria dos casos está fazendo o papel de ajudante dentro de um estabelecimento comercial ou industrial, em vez de aprender uma profissão. Exemplo; em um Supermercado é o jovem Aprendiz que aplica o Álcool Gel nas mãos dos clientes, em vez de estar aprendendo uma profissão. Quando o Jovem Aprendiz vai para uma fábrica ele vai para se qualificar e não para virar ajudante. E muitas fabricas já exigem que o Jovem Aprendiz já tenha qualificação. Então o primeiro emprego tem de ser visto com mais carinho. Outro fator discutido foi sobre os Funcionários com deficiência PCB, onde as empresas estão ignorando a legislação. Outro ponto de pauta foi sobre funcionários da terceira idade, porque eles trazem consigo uma bagagem muito importante que são qualificados e experientes.

Os Secretários de Trabalho da Baixada Fluminense estão decepcionados com atuação do Secretário Estadual de Emprego e Renda do Rio de Janeiro, por ignorar totalmente os Secretários da Baixada. “Em novembro do ano passado estivemos em seu gabinete e até hoje ele não compareceu em nenhum encontro para saber das reivindicações. Quando estivemos em seu gabinete ele disse que tinha recursos do Governo Federal para aplicar na Baixada, no valor de R$ 70 milhões, e até agora nada. O interessante que o único Fórum de Secretários que funciona é o da Baixada Fluminense. Estamos marcando para irmos a Brasília encontrar com o Ministro para vermos essa situação”. Enfatiza Nelson Matos.

A próxima reunião vai ser em Nilópolis, no dia 6 de julho, nesta reunião será definido o pedido de audiência com o Ministro do Trabalho, onde participarão os 13 Secretários de Trabalho da Baixada Fluminense.