Cerca de seis toneladas de maracujás e tangerinas apreendidas em operações conjuntas da Secretaria de Estado de Polícia Civil, por meio da 22ª DP (Penha), da Polícia Rodoviária Federal e da Receita Federa foram doadas, nesta sexta-feira (9) à Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro.

Os alimentos estavam em carregamentos utilizados por criminosos para esconder cargas ilícitas de cigarros paraguaios, e foram apreendidos durante uma abordagem dos agentes, em Seropédica.

De acordo com a Polícia Civil, a iniciativa da 22ª DP (Penha) visa evitar o desperdício de alimentos e dar uma boa destinação aos produtos perecíveis. A Secretaria Estadual de Educação realizará uma triagem de todas as frutas para confirmar as condições dos alimentos que podem ser distribuídos para as escolas da rede estadual de educação.

Fonte: Jornal Atual