Governo do Rio lança primeira biblioteca digital do estado

0
45

Catálogo virtual disponibilizará mais de mil títulos aos usuários

É pela tela de um celular, tablet ou computador que a população fluminense terá acesso a mais de mil livros gratuitamente. A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Sececrj) lança, nesta quarta-feira (12/10), Dia Nacional da Leitura, a Biblioteca Parque Digital. A plataforma é pioneira no estado e funciona como uma espécie de catálogo virtual, nos moldes das grandes redes de “streaming”.

– Estamos trabalhando intensamente para que a nossa rede de educação e cultura tenha os melhores equipamentos, os mais modernos instrumentos para que a população tenha facilidade para consumir cultura. E a Biblioteca Virtual, assim como as escolas tecnológicas, representa bem esse caminho. O Rio está voltando para os trilhos e entrando de vez na era tecnológica -, comemora o governador Cláudio Castro.

Para ter acesso à ferramenta, destinada apenas a moradores do estado, é necessário realizar o cadastro de forma presencial em uma das Bibliotecas Parque (Centro, Manguinhos e Rocinha). Após concluir este passo, o usuário ganhará um código para ter acesso a todas as funções da biblioteca digital e poderá pegar um livro por vez, por até 14 dias corridos, seguindo o modelo da biblioteca física. Quem já for cadastrado previamente basta entrar em contato pelo pelo e-mail bibliotecaparquedigital@cultura.rj.gov.br e solicitar o código.

– A nossa Biblioteca Parque Digital vai funcionar como uma grande rede social literária. Nela, cada pessoa poderá comentar, dar nota para o título e até ver um teaser sobre cada exemplar, tendo acesso às primeiras vinte páginas do livro -, explica a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Danielle Barros.

A plataforma será uma extensão do acervo físico, com títulos recentes, novos romances, biografias e, também, clássicos. O usuário poderá encontrar títulos como ‘Dom Casmurro’, de Machado de Assis, e ‘Orgulho e Preconceito’, de Jane Austen, até os recentes ‘Elza’, de Zeca Camargo, e ‘O Corpo Encantado das Ruas’, de Luiz Antonio Simas.

De acordo com o superintendente de Leitura e Conhecimento da Sececrj, Yke Leon, a ferramenta digital ainda cumpre o papel democrático e acessível das bibliotecas parque do Estado ao proporcionar um setor exclusivo para audiobooks.

– Vamos continuar trabalhando para ampliar o acervo e garantir mais funcionalidades no futuro, com espaço de formação, podcasts e até mesmo um clube do livro. Este é apenas o primeiro passo. Em breve, teremos ainda mais serviços disponíveis à população -, conta Leon.

A Biblioteca Parque Digital poderá ser acessada através do site https://bibliotecaparquedigital.odilo.us/, ou pelo aplicativo Odilo. Na segunda opção, basta baixar a ferramenta em seu aparelho eletrônico, entrar e selecionar “biblioteca parque rio de janeiro“.

 
Crédito das fotos: Gui Maia