Só no Brasil que as Obras “São de Faz de Conta”

Até quando o DNIT vai ficar inerte sobre a reforma da antiga Estrada Rio São Paulo (BR465), que tem trazido tantos prejuízos para quem trafega por esta importante rodovia?

Em 09 de dezembro de 2014 foi realizado Audiência Pública na Câmara de Vereadores para reforma da antiga Estrada Rio São Paulo (BR 465), onde o DNIT deu um prazo de 2 anos para conclusão das obras.

Só foi balela, até hoje a reforma não terminou, e o que foi feito já está cheio de buracos, sem sinalização adequada, Tachões na divisória de pista onde já provocou vários acidentes inclusive com morte.

Agora perguntamos, cadê o dinheiro que foi destinado para termino das Obras? Não foi o suficiente? 

Vários acidentes aconteceram na saída do Viaduto sobre a Linha Férrea, e não foram poucos não. Atualmente além da armadilha que o motorista tem de enfrentar no Guard Rail, tem as CRATERAS, não são buracos simplesmente, são buracos dentro de buracos.

Será que não está na hora de mudar a direção do DNIT de Seropédica e colocar pessoas interessadas em resolver a situação? Quantas matérias de acidentes teremos de publicar até que alguém resolva concertar a buraqueira desta estrada tão importante? 

O Projeto que tinha sido apresentado em Audiência Publica na UFRRJ tinha sido rejeitado pela população, e depois não retornaram para dar satisfação a ninguém.

Quem vai pagar os danos causados nas vítimas de acidentes que vem ocorrendo na BR 465? 

Vale lembrar que estas obras foram feitas nos governos anteriores