Saldo de operações de financiamento atingiu R$316,9 milhões no 1º semestre de 2021

A Agência de Fomento do Estado do Rio (AgeRio) alcançou o maior volume operacional desde a sua criação, em 2002. O 1º semestre deste ano encerrou com um total de R$ 316,9 milhões em saldo de financiamentos. Todos os resultados consideram a carteira da Agência, ou seja, operações com recursos próprios ou com repasses de terceiros. Os dados não contabilizam assinaturas celebradas com recursos do Fundo Estadual de Fomento (Fempo), parcerias com programas municipais e nem as recentes operações das linhas de crédito do Programa Supera RJ.

As operações com recursos da AgeRio somaram R$ 226,5 milhões no 1º semestre deste ano. Já as que foram firmadas pela Agência e tiveram repasses de parceiros como Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Caixa Econômica Federal, Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e Fundo Geral do Turismo (Fungetur) alcançaram R$ 90,4 milhões.

“É um resultado histórico para a AgeRio e uma mudança de patamar sem precedentes para o time de fomento do Estado do Rio. Estamos em um dos anos mais desafiadores desde a nossa criação e trabalhando com força total no principal apoio do governo aos empreendedores, que é o Programa Supera RJ. Em paralelo, estamos conseguindo aumentar o volume operacional da AgeRio e isso é resultado de muito comprometimento dos funcionários. Agradeço ao esforço e a dedicação de todos os nossos funcionários em abraçar projetos de extrema relevância para a retomada da economia fluminense. Agradeço também ao apoio do governador Cláudio Castro, que logo identificou a importância da Agência de Fomento para o desenvolvimento econômico do Estado”, declarou André Vila Verde, presidente da AgeRio desde o fim de dezembro de 2020 e funcionário de carreira da Agência desde 2011.

Vila Verde destacou ainda que toda a Diretoria Executiva é composta exclusivamente por empregados concursados da AgeRio e com longo histórico profissional na instituição, o que também é a primeira vez que ocorre na história da Agência. Compõem o quadro a diretora de Operações, Tatiana Oliver; o diretor Jurídico, Gustavo Madureira; e a diretora de Controladoria, Tatiane Peres.

“O fomento aos microempreendedores individuais, aos autônomos, aos pequenos negócios e até mesmo às empresas de grande porte é a essência da AgeRio. O nosso apoio faz a diferença na vida das pessoas e na economia das cidades fluminenses. O governador Claudio Castro tem uma diretriz muito forte nesse sentido e recentemente lançou o Supera RJ, criado em parceria com a Assembleia Legislativa do Rio. Por meio do programa já concedemos mais de R$ 25 milhões em crédito para mais de 2 mil pequenos negócios. É um apoio primordial que o governo do estado vem promovendo em um momento de retomada da economia fluminense”, complementou André Vila Verde.

Principais produtos AgeRio:

Entre as principais linhas de créditos oferecidas pela AgeRio estão: “Microcrédito Produtivo Orientado”, de até R$ 21 mil, voltada para microempreendedores do Estado do Rio, formalizados ou não, com faturamento de até R$ 360 mil ao ano. Linha “Crédito Simplificado”, de até R$ 500 mil, destinada a empresas estabelecidas no Estado do Rio com mais de dois anos e faturamento de até R$ 5 milhões ao ano. Além destas, há também a “AgeRio Investimento” para empresas estabelecidas no Estado do Rio e a “Inovacred”, linha de crédito com repasse de recursos da Finep destinada a projetos de inovação em produtos, marketing, processos e sistemas de empresas estabelecidas no Estado do Rio.

Outro destaque é a linha “Funtegur”, financiamento com repasse de recursos do Ministério do Turismo destinado a empresas constituídas no Estado do Rio voltada para melhoria da infraestrutura turística (hotéis, pousadas, bares, restaurantes, agências de turismo, locadora de veículos e etc). Confira todos os produtos no site www.agerio.com.br.