As pessoas que vivem com HIV e Aids em todo o país vão ter mais um medicamento à disposição em toda a rede do SUS, até o fim do ano que vem.

O sistema de saúde vai oferecer o remédio Dolutergravir, que é mais moderno e eficaz.

Cerca de 100 mil pessoas já usam o medicamento. Quando estiver em toda a rede, vai beneficiar mais de 300 mil brasileiros.

O tratamento é considerado um dos melhores do mundo, porque o remédio tem alta potência, menos efeitos colaterais e só precisa ser tomado uma vez por dia.

A incorporação do Dolutergravir não altera o orçamento atual do Ministério da Saúde para a aquisição de antirretrovirais, que é de pouco mais de R$1 bilhão.

O anúncio da expansão do tratamento foi feito nessa sexta-feira (29), pelo Ministro da Saúde, Ricardo Barros, no encerramento do Congresso de HIV e Aids, em Curitiba.

O evento reuniu cerca de 4 mil participantes, entre ativistas, cientistas, gestores e profissionais de saúde.

Fonte: http://radioagencianacional.ebc.com.br/geral/audio/2017-10/sus-vai-oferecer-remedio-de-alta-potencia-para-tratamento-da-aids-ate-2018