Algumas iguarias da comida brasileira podem parecer normais para nós, mas, aos olhos de quem está de fora, são muito estranhas. Comer coração de galinha, por exemplo, é relativamente comum no Brasil, mas estrangeiros consideram algo inaceitável. Agora é a sua vez de ter essa experiência. Veja agora 8 alimentos que são consumidos em diversos lugares do mundo que você vai pensar duas vezes antes de pedir na sua viagem!
 
1. Fugu
 
Esta iguaria consumida no Japão é feita da carne de uma espécie de baiacu que habita as águas marinhas do país. O mais estranho é que contém uma pequena quantidade de tetrodotoxina, que pode ser letal. A substância diminui ao cozinhar o peixe, mas a língua ainda fica dormente quando as pessoas o provam. Para se ter uma ideia, somente chefs de cozinha licenciados podem preparar o fugu, pois a vida dos clientes está nas mãos deles.
 
2. Peixe-escorpião
 
Two fishes on a chopping wood
Este peixe tem um sabor suave e peculiar, que alguns comparam ao da lagosta. Embora seja agradável ao paladar, é outro peixe que só pode ser preparado por um chef muito experiente, pois as suas barbatanas espinhosas são venenosas. Este peixe vive ao longo da costa da Austrália e Nova Zelândia, enquanto outras espécies vivem no Mar Negro e também no Mediterrâneo.
3. Escamoles
Este prato tem um sabor agradável de nozes e uma textura amanteigada que lembra o queijo cottage. É preparado com larvas da formiga Liametopum, que vive nas raízes das plantas de agave. Embora sejam inofensivas à saúde, alguma formiga pode estar perdida no meio das larvas se o prato não for preparado adequadamente.
 
4. Casu Marzu, o “queijo podre”
Por muitos anos, este queijo da região da Sardenha era considerado ilegal e a produção era proibida, e entende-se o porquê, pois o processo pode ser um ultraje. Para acelerar a fermentação, uma espécie peculiar de mosca é usada para digerir as gorduras do queijo, dando-lhe mais suavidade e um sabor diferenciado. Comê-lo pode ser muito perigoso, pois você pode ingerir larvas ou até mesmo a própria mosca, e ter sérios problemas gastrointestinais. Apesar de muito estranho, o Casu Marzu foi reconhecido como parte do patrimônio cultural da Sardenha em 2010, e sua produção agora é autorizada.
5. Akee
A akee é uma fruta parecida como uma pera, originária da África e muito popular na Jamaica. A colheita é feita em um período restrito, pois se for consumida muito madura, pode soltar um veneno. Além disso, se não for consumida corretamente, você pode ter uma reação alérgica que é chamada de “vômito jamaicano”.
6. Ovo centenário
O que você faria se lhe oferecessem este prato? Como o próprio nome diz, trata-se de ovos de galinha ou pata que ficaram em uma mistura de sal, limão e cinzas por um período de 100 dias. O processo de envelhecimento confere ao ovo um forte cheiro de amônia e uma coloração estranha. Seu estômago é forte o suficiente para isso?
 
7. Peixe-pedra
Este é um dos peixes mais venenosos da fauna marinha. Sua mordida pode causar inchaço, paralisia, dores muito fortes e até mesmo perda dos tecidos da pele e do músculo. Pessoas que já foram mordidas pelo peixe-pedra levam um certo tempo para se recuperar. E não se sabe como, mas esse mesmo peixe perigosíssimo também é consumido.
8. Rambutão
Na verdade, esta fruta é deliciosa, mas você deve ter em mente que pode causar alergias e diarreia em pessoas que nunca a provaram antes. Quem a consome recomenda que não se coma mais de quatro ou cinco rambutões por vez. Quem tem problemas estomacais como úlcera deve passar longe dela.

Faça o seu comentário