Processos continuam em novembro, com os pregões de terminais no porto de Santos, da BR-381 e da BR-262

A semana que se inicia marca o início da última rodada de concessões do governo federal em 2021. No próximo dia 29, sexta-feira, às 14h, na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), o governo fará o maior leilão rodoviário do Brasil: o da rodovia Presidente Dutra, a Via Dutra, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo.

O novo contrato da rodovia, que atualmente está nas mãos da CCR, terá prazo de 30 anos e ainda pode ser prorrogado por mais cinco. Os investimentos previstos são da ordem de R$ 14,5 bilhões. Entre outras coisas, a nova concessionária deverá garantir duplicações, novas faixas e vias marginais para aumentar a capacidade de circulação na via. O leilão incluirá também a concessão do trecho da Rio Santos (BR-116) entre o Rio e Ubatuba, e a implantação de uma nova subida para Serra das Araras, no trecho entre Piraí e Paracambi.

A última rodada de leilões de rodovias continua em novembro. No dia 25 do próximo mês estão agendados os pregões para as concessões das rodovias mineiras BR-381 e BR-262. A previsão é que as estradas recebam investimentos de R$ 7,3 bilhões em melhorias ao longo dos 30 anos do contrato. As duas rodovias terão 11 novas praças de pedágio.

Antes da concessão dessas duas rodovias, o governo vai fazer, no dia 19 de novembro, o leilão de dois terminais de combustíveis no porto de Santos. A expectativa é de que eles recebam investimentos privados da ordem de R$ 938 milhões.

Fonte: O Tempo