Um homem suspeito de chefiar o tráfico de drogas em Unamar, distrito de Cabo Frio, na Região dos Lagos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ele estava foragido da justiça há cerca de dois anos. Outro homem que o acompanhava, acusado de matar a ex-namorada a tiros, também foi preso. A abordagem aconteceu na rodovia Governador Mário Covas (BR-101), em Rio Bonito, Região Metropolitana do Rio, na noite de terça-feira (20).
 
Policiais rodoviários federais da 2ª Delegacia (Niterói) faziam uma blitz, quando desconfiaram dos ocupantes de um carro e decidiram abordá-los. Durante a fiscalização, verificaram que a dupla era foragida da justiça. Um deles possuía mandado de prisão temporária pelos crimes de tráfico de entorpecentes, associação para o tráfico e associação criminosa. O indivíduo, de 23 anos, seria chefe do tráfico em grande parte do distrito de Unamar, Cabo Frio. Ele já havia sido preso em 2014 junto com seu irmão gêmeo. O mandado de prisão havia sido expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Cabo Frio. O Disque-Denúncia oferecia recompensa de R$ 1 mil pela sua captura.
 
O comparsa dele apresentou documentos falsos aos policiais. Quando descobriram sua verdadeira identidade, constataram que havia três mandados de prisão. O homem é acusado de matar a ex-namorada a tiros. A mãe da vítima também teria sido atingida gravemente pelos disparos. O crime teria ocorrido há dois anos em Unamar.
 
A ocorrência foi encaminhada para a 119ª DP (Rio Bonito).