PREFEITURA DE SEROPÉDICA INICIA SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

0
73

Atividades acontecerão no Centro Cultural de Seropédica (CCS)

 Embora o Dia da Consciência Negra seja comemorado em 20 de novembro, a Prefeitura de Seropédica, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (SMECE), iniciará nesta quinta-feira (19) uma semana inteira com programações direcionadas à data festiva, que também serve como um dia de reflexão a respeito do papel e da importância dos afro-descendentes na história brasileira e mundial.

É necessário lutarmos pela igualdade e contra o preconceito. Valorizar a cultura negra é valorizar a história do Brasil, e fazer parte de um movimento que busca um país mais justo, que reconhece a importância de todos que fizeram parte do desenvolvimento da nação brasileira. A Prefeitura de Seropédica, sob diversos contextos, está focada em lutar contra as desigualdades. Esperamos que a população comemore o Dia da Consciência Negra conosco, afinal, trata-se de uma data importante na luta pela igualdade racial”, enfatiza o prefeito Martinazzo.

A abertura oficial da Semana da Consciência Negra acontecerá às 13h desta quinta-feira, 19 de novembro, no Centro Cultural de Seropédica (CCS),localizado no quilômetro 52 da BR-465 (ant. Est. Rio-São Paulo), nº 2895, próxima à Praça de Pedágio, no bairro Parque Jacimar. O tema do evento será – Africanidade, Cultura e Arte – e busca, através de um viés cultural, abordar questões referentes aos aspectos positivos da matriz africana no componente étnico brasileiro, produzindo e demonstrando valores.

 O evento também visa mostrar que por meio de conceitos culturais é possível combater efetivamente às diferentes formas de discriminação, seja racial, religiosa, de gênero, entre outras. “A dança, a música, a literatura, enfim, a arte, de maneira geral, também pode ser uma importante arma no combate ao preconceito. Através dela podemos trabalhar a ‘africanidade’ e fazer com as pessoas repensem a importância de seus hábitos e pensamentos para a construção de uma sociedade mais igualitária, sob quaisquer pontos de vista”, afirma a subsecretária de Cultura da SMECE, Nádia Alvarez.

A primeira bailarina negra do Teatro Municipal do Rio de Janeiro Mercedes Batista será homenageada com uma apresentação artística de dança (Ballet), coreografias com passos de terreiro, poesia, declamação dramatizada e interpretação. A programação também terá uma roda de conversa com o Professor Doutor André Carneiro, do Departamento de Letras e Comunicação da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (DLC/UFRRJ), que irá encabeçar uma reflexão sobre questões relacionadas à literatura africana e ao cinema.

Além de atendermos as alterações previstas na LDB, determinadas através da Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003, estamos investindo em diferentes alternativas para inserir de forma cada vez mais profunda a temática da cultura afro-brasileira no ambiente social e escolar de Seropédica, resgatando a história da cultura africana e interligando-a à Educação nos dias atuais, o que influencia significativamente e positivamente às relações étnico-raciais”, assegura a secretária de Educação, Cultura e Esporte Lúcia Baroni.

semana da conciencia negra