Uruguaio e Paraguaia foram flagrados na via Dutra e podem pegar 12 anos de prisão

 08_36_23_53_file uruguaio Julio Daniel Bordon, de 53 anos, e a paraguaia Saturnina Lopez Molinas, de 43, foram presos na madrugada desta terça-feira (24) carregando 12 pistolas recém-fabricadas em um ônibus que vinha do Paraguai e chegava ao Rio de Janeiro.Policiais Rodoviários Federais pararam o coletivo em Seropédica, na Baixada Fluminense, e começaram a revistar os passageiros. Na mochila de Julio havia três pistolas. Abaixo do banco dele, havia outra bolsa com nove pistolas. O casal foi encaminhado e os armamentos foram encaminhados para a sede da Polícia Federal na Praça Mauá, no centro do Rio. A pena para tráfico internacional de armas pode chegar a 12 anos de prisão.Sete pistolas eram de calibre 9 mm e as outras cinco, calibre 40, avaliadas em pelo menos R$ 3 mil cada. Os suspeitos disseram que receberam R$ 1.000 pelo transporte, mas não revelaram qual seria o destino. A polícia acredita que a remessa chegaria a comunidades ainda não pacificadas do Rio.

 

Fonte R7

Faça o seu comentário