Abaixo do altar onde o Papa celebra as missas na Basílica de São Pedro no Vaticano, encontra-se o corpo de São Pedro

O baldaquino - Abaixo do altar onde o Papa celebra as missas na Basílica de São Pedro no Vaticano, encontra-se o corpo de São Pedro
O baldaquino – Abaixo do altar onde o Papa celebra as missas na Basílica de São Pedro no Vaticano, encontra-se o corpo de São Pedro

Não é a obra mais importante da Basílica de São Pedro, mas o baldaquino brônzeo que decora o altar papal (1633) chama a nossa atenção pela sua grandiosidade.

O baldaquino foi encomendado por Papa Urbano VIII Barberini – dizia-se “Quod non fecerunt barbari, fecerunt Barberini” (o que não fizeram os bárbaros, fizeram os Barberini, tradução livre) – e, dizem também as más línguas, que Bernini usou os bronzes do pronau do Panteão para realizar o baldaquino da basílica

Nas colunas retorcidas, sobre as suas gavinhas, posam as abelhas do brasão da família Barberini, e a “confissão”, embaixo do baldaquino, foi construída por Carlo Maderno e tem 99 lâmpadas para iluminar a “tumba de São Pedro”.

Pare para apreciar as bases de mármore que sustentam as colunas: estão fixados oito brasões colossais dos Barberini, nos quais – entre as chaves – está representado sete vezes o rosto de uma mulher nas fases da concepção e do parto, até chegar à cabeça da criança que nasce no oitavo brasão.

É uma obra do jovem Francesco Borromini que, assim, queria exaltar a Igreja Mãe de todas as outras igrejas.

Fonte: viagemitalia.com

Faça o seu comentário