Informação foi dada pelo ex-presidente durante festa do PT

Investigado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, o ex-presidente Lula afirmou na noite de ontem (27), durante festa de aniversário pelos 36 anos do PT, que foi informado que terá os sigilos bancário, telefônico e fiscal quebrados. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, ele não revelou, porém, o motivo que deu origem à ordem.

“Se esse for o preço que a gente tem que pagar para provar a inocência, eu faço. Só quero que depois me deem um atestado de idoneidade”, disse.

Em um momento mais inflamado de seu discurso, o líder petista enfatizou aos militantes presentes que eles não devem baixar a cabeça “toda vez que falarem merda da gente”.

Petistas não podem levar desaforo quando ‘falarem m… da gente’, afirma Lula

Ex-presidente discursou na festa de aniversário de 36 anos do partido

Durante discurso proferido na festa de 36 anos do PT, na noite deste sábado (27), no Rio de Janeiro, o ex-presidente Lula disse aos cerca de 1,5 mil militantes presentes que eles não devem levar desaforo para casa “toda vez que falarem merda da gente”.

Inflamado, o líder do Partido dos Trabalhadores afirmou, em referência à suspeita de que ele seria dono de um triplex no Guarujá, que “um cidadão do Ministério Público, obedecendo ipsis literis o jornal ‘O Globo’ e a ‘Rede Globo’, costuma dizer que o tríplex é meu”.

lula pt