A mulherada tá com tudo. Elas  são sem dúvida alguma os seres mais poderosos da TERRA. Sexo frágil uma ova!  Acredito que  o que se deveria dizer é que sexo é o fraco dos homens, e o forte das mulheres. Muito simples: Ora, já se esqueceram?  O próprio texto bíblico, lá em Gênesis diz que a mulher foi quem persuadiu o homem a comer do fruto. Sim, a mulher tem poder para fazer o homem comer qualquer fruto. E cá entre nós, e que ninguém nos ouça: Que perigo! Quantos riscos nós homens bobos passamos!

Eu por exemplo, sem dúvidas alguma, me considero como um bobão. Mas não me entristeço nem me envergonho, no meu palácio, mesmo como ‘bobo da corte’, posso ser também em vários momentos o rei, o príncipe, e até mesmo o cara que serve o gostoso vinho. Isso porque minha esposa me permite ser. Ou seja, no fim das contas, ela que é realmente a rainha. A minha rainha.

De fato, tal poder de persuasão decorre dessa força , que geme, que pede, que insinua, que paga com “alegrias”, que põe o homem no caminho do desejo de possuir, sem saber que ele é o possuído; isto quando a mulher é sábia.  Vou repetir novamente: Sábia!

Na minha maneira de ver, na pouca experiência que tenho da vida,  nao há nada de errado em possuir tal poder. Afinal, essa persuasão é uma dádiva divina. O problema é que na maioria das vezes esse poder é usado de modo burro e insensato. Sim, veja bem, ao invés de se persuadir para o que eh bom, para o que concilia e promove a paz, e para tudo aquilo que possa ser sedução da pureza  e honestidade, de sanidade e sensatez, essa força é, muitas vezes, apenas usada para manipular e para negociar com o homem. Uma espécie de investimento…sei la neh…”passar a perna” seria pra mim o termo mais adequado.

Assim, esse maravilhoso poder passa a só ser percebido como sedução sexual, e quase nunca como poder para exercer a persuasão da sabedoria. Isto porque é minha convicção que toda mulher que decide usar esse poder para o bem, vem a tornar-se o ser mais desejável e bem-aventurado que pode existir na vida. Nao ha outra coisa que paire tanta sedução do que numa mulher astuta, sagaz, sexy, e amante da vida e do amor honesto. Aquela guerreira que luta, e corre, e no final, o salto ainda esta inteiro. Impecável e doce menina.

Infelizmente, no entanto, as invejas, as vaidades, as competições pequenas, e a mesquinharia, acabam por fazer que tal poder acabe por ser quase sempre apenas sedução para a guerra, para o dia-a-dia turbulento e competitivo, ou para a manipulação, que torna cada vez  mais a  mulher menos mulher, e mais parecida com o homem. Uma mulher que luta e corre igual a  um homem nao se pode travestir de fato nessa masculinidade. Isso nao é nada sexy nem bíblico, nem nada. Ou talvez apenas alguma pouca coisa.

Na realidade as mulheres parecem ter perdido a ambição da persuasão da sabedoria. Do discernimento. De fato, a mulher sábia está fora de moda, e as que ainda existem têm medo de se manifestar, visto que sensatez virou caretice para boa parte das mulheres. Coisa do século atual que esta em colapso.

De fato,  fico extasiado  de alegria quando encontro uma mulher que é mais confiante na sabedoria do que na sedução, aquela que nao precisa apelar pela minissaia e os vis decotes,   mas eh simplesmente e puramente comprometida com o poder do bom senso do que com a capacidade de usar seu poder para coisas pequenas, embora consideradas intocáveis como espertezas femininas.

Todo fruto, mesmo que venenoso, sendo dado por uma mulher, tem o poder de se tornar irresistível. Não é à toa que Paulo diz que a mulher é a glória do homem!

“Glória”, que eh  nome de mulher, no entanto deve ser o estado saudável do ser feminino, claro que, puxando agora pro meu lado, em prol de nós, meros homens mortais.

Feliz Dia da Mulher, e que Deus as abençoe!

Dia-internacional-da-Mulher

Um abraço e que Deus esteja conosco.

J.C.Marques