A Prefeitura Municipal de Seropédica deu início no dia 29/04/14 ao programa de Educação Sanitária nas Escolas Rurais. Participarão deste projeto as Escolas: E.E.M Professor Paulo de Assis Ribeiro, E.E.M Coletivo, E.M Paulo Freire e E.M Maria Archanja de Farias, serão trabalhados em sala de aula os seguintes temas: Febre Aftosa, Raiva dos Herbívoros e Cuidados com os Alimentos, Brucelose, Tuberculose, Teníase e Agrotóxicos, 160 alunos da rede municipal serão capacitados pelo programa.

 Este programa tem por objetivo despertar nas crianças a importância do controle das zoonoses( doenças que podem ser transmitidas do animal para o homem e vice e versa) que é realizado através de exames e/ou vacinações, já na área vegetal a importância do destino final das embalagens de agrotóxico visando a preservação do Ambiente e finalizando a importância de se comprar alimentos que tenha o selo de inspeção sanitária.
Alem disso a Educação Sanitária é primordial no âmbito da Escola, como também deve estar presente em casa, para promover hábitos higiênicos necessários à manutenção da saúde e do bem estar. Pode-se entender por hábito saudável, o comportamento de cuidado com a higiene que se repete periodicamente na vida de uma pessoa ou grupo. Assim, promover hábitos saudáveis na população é  a idéia central da Educação Sanitária, mas cabe destacar que ela não se limita exclusivamente a isso. Numa visão holística e mais abrangente, a Educação Sanitária se alicerça na concepção de um planejamento que visa resultados positivos, benefícios, e uma eficiente política de gestão pública dos serviços de saneamento básico, que podem ser entendidos como os serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem urbana, coleta, tratamento e disposição de resíduos sólidos (lixo).
O Secretário de Ambiente e Agronegócios de Seropédica Sr. Ademar Quintela disse:  “O homem, de forma inconsequente, tem provocado diariamente a destruição de seu habitat natural, o que tem colocado em risco a sua própria existência nesse planeta.  nesse contexto surgiram a Educação Ambiental e a Educação Sanitária nas escolas do município, que podem ser definidas, respectivamente, como as práticas educativas para induzir aos alunos e a população a adquirir hábitos de proteção para nós como também para o planeta e que promovam a saúde e evitem doenças” Finaliza..



    Faça o seu comentário