A Polícia Militar foi chamada quando os alunos sentiram um gosto estranho na água dos bebedouros

corpo na cisterna

Um corpo foi encontrado dentro de uma cisterna em uma escola estadual no Recife. Segundo o R7, isso ocorreu depois que os alunos estranharam o gosto da água dos bebedouros.

A Polícia Militar foi chamada quando os alunos sentiram um gosto estranho na água. Os policiais encontraram um corpo já em estado de decomposição, segundo o delegado responsável pelo caso.

Os bombeiros foram acionados para abrir um buraco no concreto da cisterna e retirar o corpo de George Alves dos Santos. Ainda de acordo com informações do site, o DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) foi chamado e, nas primeiras investigações, o delegado encontrou indícios de que a morte foi causada por afogamento.

Em entrevista à Rede Record, o delegado comentou que a vítima tinha 29 anos e costumava entrar em cisternas para nadar. Ele ainda revelou que a vítima era usuária de drogas e bebidas alcoólicas e também tinha problema mental.

Procurada, a escola ainda não se pronunciou.