Eleições definiram novo conselheiro tutelar suplente do município

O papel fundamental de um Conselho Tutelar é trabalhar em favor de políticas que priorizem o direito à cidadania para crianças e adolescentes, para executarem esses objetivos são escolhidos Conselheiros Tutelares através de votação aberta à população.

O processo eleitoral para o Conselho Tutelar de Seropédica aconteceu no dia 04 de outubro de 2015, elegendo 6 Conselheiros (sendo 1 suplente) que tomaram posse em janeiro de 2016, porém, em setembro de 2016, após uma avaliação criteriosa sobre o volume de trabalho do Conselho Tutelar de Seropédica, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cmdca) de Seropédica e a Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos, Trabalho e Emprego decidiram por abrir um novo pleito para eleger um Conselheiro Tutelar Suplente.

A eleição foi realizada em três pontos: no auditório da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Smece), no centro da cidade; na Escola Municipal João Leôncio (bairro Campo Lindo) e na Escola Estadual Municipalizada Bananal (bairro Jardim Maracanã).

O prefeito de Seropédica, Alcir Martinazzo, foi representado na apuração dos votos, que aconteceu na Smece, pela secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos, Trabalho e Emprego, Neuza Cezário.

Cabe ao executivo municipal apoiar e auxiliar o Conselho Tutelar na execução das políticas públicas que resguardem os direitos das crianças e adolescentes de Seropédica. Com o aumento do volume de trabalho, houve a necessidade do aumento do número de conselheiros e, consequentemente, realizou-se a eleição para suplentes”, destacou o prefeito de Martinazzo.

Também estiveram presentes o subsecretário de Direitos Humanos, Jorge Moreira, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cmdca) de Seropédica, Miguel Jorge, e a promotora de Justiça Paula da Fonseca Passos Bittencourt, que participou da apuração dos votos dando legitimidade ao processo.

O Conselho Tutelar é um órgão municipal autônomo que tem uma atribuição fundamental nas hipóteses de violação dos direitos de crianças e adolescentes, trata-se de um órgão muito relevante, com um trabalho extremamente complexo exercido por pessoas escolhidas diretamente pelo povo. A eleição para suplente é muito importante, pois garante a execução do trabalho nas hipóteses em que algum dos titulares não estiver em condições de executá-lo”, lembrou a Promotora de Justiça Paula da Fonseca Passos Bittencourt.

Após a realização do pleito o candidato Nilton César Pedro Carvalho foi eleito com 282 votos, sendo seguido por Márcia Cristina Carvalhosa dos Santos (189),Ana Paula de Carvalho Leal (172) e Maria Vitória de Oliveira (34).

A eleição complementar foi necessária para garantirmos a plena execução das atividades do Conselho Tutelar, agora, mesmo que algum conselheiro tenha um imprevisto, por exemplo, sempre teremos a equipe de conselheiros completa, o que garante a manutenção do trabalho”, ressaltou o presidente do Cmdca Miguel Jorge.

Titular da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos, Trabalho e Emprego, Neuza Cezário, fez questão de destacar o trabalho sério que vem sendo realizado pelo Conselho Tutelar de Seropédica. “A agenda está sendo cumprida à risca, o Conselho Tutelar tem garantido o bem-estar de nossas crianças e jovens, através de inúmeras atendimentos e ações preventivas”, disse.

Antônio Luiz do Nascimento morador do Bairro Campo Lindo foi uma das pessoas interessadas em participar da votação para escolha de mais um representante do Conselho Tutelar de Seropédica e disse: “Nós temos de levar em conta a relevância do trabalho do Conselheiro Tutelar, nossas crianças precisam de apoio, e fiscalização, todos nós temos de saber da importância em escolher um bom conselheiro e dar apoio” comemora Antônio.

_dsc0822_dsc0789 _dsc0796 dsc_0061 dsc_0062 dsc_0063