Esta medida vai acabar sendo usada no Brasil inteiro e em todas as Redes Sociais

Com pulso firme, o responsável pela fiscalização da propaganda eleitoral em Mato Grosso do Sul, desembargador e juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), Romero Osme Dias Lopes (foto), promete atuar rigorosamente nestas eleições a fim de punir atitudes consideradas abusivas pela Justiça Eleitoral, segundo reportagem na edição de hoje (25) do jornal Correio do Estado.

Aos perfis anônimos ou fakes das redes sociais, que receberem ordem judicial para excluírem suas contas e não cumprirem, Romero poderá mandar até pra cadeia os culpados.

“Quando a gente ver algum plano que há uma ofensa, a gente já manda tirar do ar e se não tirarem, caracteriza-se como descumprimento de ordem judicial e flagrante delito da lei”, alertou.

2

 

 

Faça o seu comentário