Desse total, apenas 27 milhões de pessoas receberão as quatro parcelas adicionais. Isso significa que somente 56,25% dos beneficiários terão direito a todas as cotas.