O youtuber Timothy Wilks, de 20 anos, faleceu na noite de sexta-feira (5) após ser baleado durante a gravação de uma de suas “pegadinhas”. De acordo com o site Tennessean, a brincadeira envolvia ameaças com uma faca de açougueiro.

Na companhia dos amigos, Wilks gravava reações enquanto se aproximava de passantes em um parque de diversões e fingia anunciar um assalto. Em uma dessas abordagens, o rapaz foi alvo de uma série de disparos efetuados por um dos presentes no local.

O incidente fatal aconteceu no estacionamento do parque Urban Air Trampoline and Adventure Park, em Nashville, capital do Tennessee, nos EUA. Ainda não foram revelados mais detalhes sobre o caso, mas o autor dos disparos já foi identificado.

Polícia
Polícia de Nashville vai investigar a morte do youtuber. Imagem: ChiccoDodiFC/Shutterstock

David Starnes Jr., de 23 anos, confessou ter atirado contra Wilks. O autor dos disparos diz que não sabia que a abordagem era uma “pegadinha”: ele acreditou que, de fato, era um assalto e, por isso, diz que agiu “em sua defesa e das outras vítimas” em potencial.

Polícia investiga a morte de YouTuber

Em comunicado oficial emitido no sábado (6), o Departamento de Polícia de Nashville informou que a unidade de homicídios “vai investigar a alegação de legítima defesa”. Enquanto vídeos têm sido publicados sobre a fatalidade no YouTube, o canal oficial de Timothy Wilks foi retirado da plataforma.

Mais detalhes da “pegadinha”, bem como todos os vídeos gravados no local, vão fazer parte de uma investigação sigilosa. De acordo com as autoridades, os amigos de Wilks também pretendem colaborar na apuração do que ocorreu na noite do incidente.

Fonte: Tennessean