O casal estava indo de Miami para Los Angeles em um vôo da American Airlines, mas ambos foram retirados da aeronave após gritos e agressões

Um casal precisou ser retirado de um avião após uma discussão barulhenta. A mulher gritava palavrões e chegou a bater com um laptop na cabeça do homem, furiosa por ele estar olhando para “outras mulheres”. O voo da American Airlines de Miami para Los Angeles no domingo (21/07) ainda estava no portão do Aeroporto Internacional de Miami quando a briga começou. Um passageiro gravou parte da cena, e o vídeo rapidamente se tornou viral no Twitter.

Uma comissária pediu para que a mulher se retirasse e a lembrou que havia crianças no avião. A mulher responde dizendo “sim, eu sei, f****** as crianças”. Ao fundo do vídeo um passageiro pode ser ouvido dizendo: “Apenas tire-a do avião!”. A luta continuou até que o homem diz: “Você está saindo do controle”, se levanta para sair e passa pela mulher, que nesse momento resolve o seguir e quebra um laptop na cabeça dele.

O Departamento de Polícia de Miami-Dade identificou a mulher como “Sra. McLemore”, e disse ao Yahoo Lifestyle que o casal estava em um voo de conexão para Los Angeles, vindo do Equador.

Enquanto McLemore começa a empurrar os comissários de bordo para seguir o caminho do homem através do avião, alguém que está a bordo avisa que ela seria “acusada de agressão” e ela responde: “Tudo bem, qualquer coisa”.

Os policiais dizem que McLemore foi embora após o desembarque do avião, e uma busca por ela “não teve resultados”. Eles acrescentaram os dois envolvidos não atenderam seus telefones e que o homem “se recusou a escrever uma declaração e foi pouco cooperativo” após o acontecimento.

Um porta-voz da American Airlines enviou uma declaração ao Yahoo Lifestyle na qual eles escreveram: “Agradecemos à tripulação americana que trabalhou rapidamente para neutralizar a situação. Suas ações resultaram em um ambiente seguro para todos os nossos passageiros”.

O Departamento de Polícia de Miami-Dade diz que, embora o homem tenha sido remarcado para um voo posterior pela American Airlines, não é certo se a companhia aérea vai reembolsar McLemore.

https://youtu.be/QziGFjwAZI8

Fonte: Olhar Digital