Presidente interino retorna ao país mesmo sendo ameaçado; Ele convocou protestos em Caracas e no interior para esta segunda-feira e para amanhã

Presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, declarou-se presidente da Venezuela
Twitter/@jguaido – Twitter/@NicolasMaduro

Presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, declarou-se presidente da Venezuela

O autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, avisou em suas redes sociais, nesta segunda-feira (4), que retornou ao país. Sob ameaças de prisão, Guaidó afirmou que entrou como “um cidadão livre” no país e ninguém dirá o contrário.

“Já em nossa terra amada. Venezuela, acabamos de passar pela imigração e vamos nos mobilizar para onde está o povo”, escreveu Juan Guaidó . “Entramos na Venezuela como cidadãos livres, ninguém nos diz o contrário. Já sentindo o meu sol de La Guaira, o brilho das pessoas que esperavam por nós aqui”, completou em seguida

Guaidó foi recebido por uma multidão no Aeroporto de Maiquetía, que atende Caracas, e depois foi até uma praça onde era esperado por seus apoiadores. Lá, fez um breve discurso para apoiadores.

Em outro tweet, o líder informou que estava indo para a cidade de Catia la Mar e em seguida seguiria direto para Caracas, local em que convocou uma mobilização nacional, assim como em várias cidades do interior. As manifestações também estão organizadas para amanhã (5) e para o próximo sábado (9). 

“Esperando o abraço daquele mar de pessoas que nos inspira e nos compromete: o povo da minha costa! Estamos indo para Catia la Mar. E então, direto para Caracas”, escreveu. 

Fonte: IG

Faça o seu comentário