Fazenda Paraíso, em Xerém, segue modelos de sucesso do Brasil e do mundo para recuperação de vidas

 

O Governo do Estado do Rio de Janeiro e a Prefeitura de Caxias inauguraram em parceria, nesta quinta-feira (30/12), a Fazenda Paraíso, o maior centro de tratamento de dependentes químicos do país. O projeto é inspirado em modelos de sucesso no Brasil e no exterior, como a Fazenda Esperança, em São Paulo, e o Instituto Carisma, em Medelín, na Colômbia.

A unidade atenderá a todo o estado bem como outras unidades da Federação. O grande objetivo da Fazenda Paraíso é acolher e transformar a vida de quem se encontra em estágio de dependência química, através de atividades em oficinas e cursos profissionalizantes, em um local onde a mente esteja ocupada e a justiça social seja feita. O projeto é uma realização da Prefeitura de Duque de Caxias, em parceria com o Governo do Estado e o Governo Federal.
– Este será um lugar para resgatarmos aqueles que estão perdidos em um mundo difícil, que é o das drogas. As atividades desenvolvidas aqui vão beneficiar não apenas os dependentes, mas suas famílias e toda rede de apoio criada a partir da Fazenda – disse o governador.
A Fazenda Paraíso terá alojamentos, oficinas, espaços para avicultura, piscicultura, pecuária, produção de hortaliças, gráfica para material escolar, fábrica de ração, produção de blocos de concreto e cursos profissionalizantes. As instalações contam ainda com um canil público e um cemitério para cães e gatos.
– Esta é mais uma realização que olha com carinho para o outro. A parceria com o Governo do Estado tem nos ajudado a fazer mais pelas pessoas, por quem precisa e, certamente, a Fazenda Paraíso cumprirá o seu propósito de dar um novo rumo para quem se encontra perdido hoje – declarou o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis.