Argentina bate a Polônia e avança às oitavas da Copa como líder do Grupo C

0
29

Já a Polônia, com quatro pontos, levou a melhor sobre o México no saldo de gols e garantiu a segunda colocação do Grupo C

Sem sustos, a Argentina confirmou a vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Nesta quarta-feira, a Albiceleste bateu a Polônia com autoridade por 2 a 0 no Estádio 974, em partida válida pela última rodada do Grupo C da competição. Mac Allister e Julián Álvarez marcaram os gols da vitória.

Com o resultado, a Argentina chegou aos seis pontos e assumiu a liderança do Grupo C. Já a Polônia, com quatro pontos, levou a melhor sobre o México no saldo de gols e garantiu a segunda colocação do grupo.  

Agora, as duas seleções viram a chave para as oitavas de final da Copa do Mundo. A Argentina volta a campo no próximo sábado, às 16h (de Brasília), para enfrentar a Austrália no Ahmad Bin Ali Stadium. Já a Polônia enfrentará a França no domingo, às 12h (de Brasília), no Al Thumama Stadium.

O primeiro tempo foi um jogo de ataque contra a defesa. A Argentina foi com tudo para cima da Polônia, que apenas se defendeu durante os primeiros 45 minutos de partida. No total, a Albiceleste conseguiu 14 finalizações, sendo nove a direção do gol. Já os poloneses tiveram apenas um arremate, que não teve a direção da meta do goleiro Emiliano Martínez.

Dentre as várias chances criadas pela Argentina na etapa inicial, a melhor veio aos 39 minutos. Após revisão no VAR, o árbitro viu falta do goleiro Szczesny em cima de Messi dentro da área. O pênalti, então, foi assinalado. Na cobrança, contudo, Messi parou na defesa do arqueiro polonês.

A seleção europeia, por sua vez, teve muita dificuldade para jogar, como os números citados acima mostraram. O time de Czesaw Michniewicz rapidamente perdia a boal ao tentar trocar passes. Assim, em alguns momentos, recorreu ao chutão em direção a Lewandowski, que ficava praticamente isolado no campo ofensivo. 
No segundo tempo, a pressão albiceleste finalmente deu resultado. Logo no primeiro minuto, a Argentina conseguiu vencer Szczesny e abriu o placar no Estádio 974. Dí Maria acionou o lateral-direito Molina, que cruzou rasteiro e na medida para Mac Allister. Livre de marcação na pequena área, o meia finalizou de primeira para balançar as redes da Polônia.   
 
Depois disso, a seleção europeia até tentou se soltar um pouco mais no jogo, mas não conseguiu. A Argentina manteve o controle do confronto durante todo segundo tempo e ainda ampliou a vantagem no marcador. Aos 23 minutos, Enzo Fernández descolou bom passe para Julián Álvarez dentro da área. O camisa 9 ajeitou o corpo mandou no ângulo, sem chances de defesa para Szczesny.
 
Fonte: Meia Hora