Moradora de Barra Mansa registrou positivo para a doença após ida à Europa

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou, nesta quinta-feira (05/03), o primeiro caso do Novo Coronavírus (Covid-19) no Estado do Rio de Janeiro. A paciente, de 27 anos, é moradora de Barra Mansa, no Sul Fluminense. A vítima viajou no dia 9 de fevereiro para a Europa, de onde retornou dia 23. Ela esteve na Itália (em Milão e na Lombardia) e Alemanha.

A paciente está em isolamento respiratório domiciliar, e seu quadro de saúde é considerado estável. Os primeiros sintomas, tosse e coriza, surgiram no dia 17, quadro que não se apresentou no voo de volta. Ela e o marido, que não apresenta sintomas, viajaram juntos. O quadro clínico dele é monitorado pela SES em parceria com a Vigilância municipal.

“Não há motivo para pânico na população fluminense. Continuamos no Nível Zero do nosso plano de contingência, não há qualquer indício de que há a circulação do vírus no estado. Trata-se de um caso importado”, explicou o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, durante entrevista coletiva no Palácio Guanabara, lembrando ainda que há outros 79 casos suspeitos sendo monitorados no estado.

Segundo o secretário de estado de Saúde, Edmar Santos, a população, especialmente de Barra mansa pode ficar tranquila , pois a pessoa que contraiu o vírus está em isolamento e monitorada, assim como as pessoas de suas relações. (sonora em anexo)

Local de residência Casos suspeitos
Duque de Caxias 2
Itaboraí 1
Macaé 2
Maricá 3
Niterói 11
Nova Friburgo 1
Nova Iguaçu 2
Petrópolis 3
Resende 1
Rio das Flores 1
Rio de Janeiro 38
São Gonçalo 3
Teresópolis 1
Valença 1
Volta Redonda 1
Outro estado brasileiro 1
Exterior 7
Total 79

 

image.png

O voo que a trouxe ao país já foi identificado, e o Centro de Informação Estratégica em Vigilância e Saúde (Cievs) da SES já entrou em contato com a Anvisa para localizar passageiros que sentaram ao redor dela na aeronave com destino ao Brasil.

A vítima deu entrada com sintomas num hospital local no dia 1º de março e, no dia seguinte, realizou a coleta para exames. O Laboratório Central Noel Nutels (Lacen-RJ) recebeu o material em 02/03 e, no dia 3, emitiu laudo. A Fiocruz também recebeu amostra e confirmou o caso suspeito nesta quinta-feira (05/03).

“Desde janeiro a SES vem se preparado para a chegada do vírus. No dia 27 daquele mês, emitimos nota técnica sobre o Novo Coronavírus e, dias depois, apresentamos um plano de contingência, que define todas nossas ações a respeito da doença”, explicou o secretário.

O secretário de Saúde reforçou ainda que técnicos da SES vão acompanhar o comportamento do vírus no Hemisfério Sul, grau de transmissibilidade e letalidade. Edmar Santos ressaltou que todas as ações e medidas seguidas estão de acordo com o plano de contingência da SES, que é alinhado com protocolos do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Medidas de prevenção:
– Proteger nariz e boca ao espirrar ou tossir

– Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres e copos

– Lavar frequentemente as mãos, especialmente após espirrar ou tossir

– Evitar ambientes com muita aglomeração

– Utilizar álcool em gel nas mãos
 
O que fazer em caso de suspeita:
Se estiver com febre ou sintomas respiratórios e tiver vindo de países com casos de coronavírus:

– Cubra o rosto com máscara cirúrgica

– Vá à unidade básica de saúde, hospital de emergência ou à UPA mais próxima

– Siga as orientações dos profissionais de saúde

– Siga as medidas de prevenção: lave as mãos frequentemente, cubra o rosto ao tossir e espirrar, não compartilhe objetos de uso pessoal, evite locais de grande aglomeração, utilize álcool em gel para as mãos

 

Crédito da foto: Mauricio Bazilio/SES

Assessoria de Imprensa

Secretaria de Estado de Saúde – RJ

Faça o seu comentário