Ideia é que a tecnologia acompanhe o estado de saúde das pessoas à medida que elas usam o banheiro de casa

O futuro realmente chegou. Cientistas estão desenvolvendo vasos sanitários inteligentes capazes de detectar infecções do trato urinário, doenças renais, diabetes e outros distúrbios metabólicos antes que os sintomas apareçam.

O banheiro inteligente está atualmente em fase de desenvolvimento. Os autores são da Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, e acreditam que essa pode ser uma maneira não invasiva e prática de coletar e compilar informações de saúde.

A partir da urina, é possível ter um histórico de hábitos nutricionais, exercícios, uso de medicamentos, padrões de sono e outras informações sobre o estilo de vida de um indivíduo. O líquido também tem ligações metabólicas relacionadas a 600 condições humanas, incluindo algumas de risco, como alguns cânceres, diabetes e doenças renais.

A equipe da UW-Madison está incorporando um espectrômetro de massa portátil (equipamento para análises) que pode identificar marcadores nas amostras de urina. Usando os espectrômetros de massa e cromatógrafos a gás, seria possível analisar os metabólitos urinários.

A tecnologia pode antecipar o diagnóstico de doenças, mas também pode permitir situações de invasão de privacidade. Como a análise da urina é enviada ao consultório médico, um funcionário ou hacker on-line pode interceptar os dados e obter informações sobre a saúde e o estilo de vida do indivíduo.

Em um cenário possível, um empregador poderia analisar secretamente a urina de um funcionário para descobrir informações sobre sua saúde e seu estilo de vida. Os cientistas, no entanto, não estão tão preocupados com isso e esperam que a privada inteligente esteja pronta em cinco anos. (Com informações do portal Daily Mail)

Fonte: Metrópoles

Faça o seu comentário