PARABÉNS A POLICIA MILITAR DO RIO DE JANEIRO, POR TER SE PREPARANDO PARA NÃO HAVER CONFUSÃO NO JOGO FLAMENGO X ATLÉTICO DO PARANA.

Para evitar confusão no jogo de hoje (27/11) Flamengo X Atlético do Paraná, a Policia Militar do Rio de Janeiro interceptou os onze ônibus na Via Dutra altura de Pirai que transportavam torcedores do Atlético do Paraná, os Policias revistaram os ônibus e a bagagem para ver se não transportavam armas ou fogos de artificio proibidos nos jogos de futebol do RJ.

Os Policiais do Batalhão de Choque trataram com muita educação os visitantes e revistaram suas bagagens, não foram encontrando nada que desabona-se a conduta dos torcedores nos primeiros 5 ônibus que foram revistados, logo após os Policiais orientaram a todos em não usar bebidas alcoólicas em garrafas de vidro , o Capitão que Comandava os Policiais Militares falou que eles estavam ali também para dar segurança para os Paranaenses e eles seriam escoltados até o Maracanã e depois seriam escoltados de retorno até a Via Dutra logo após o jogo.

A estratégia dos responsáveis pela segurança do primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil não deu certo para impedir que torcedores de Flamengo e Atlético-PR entrassem em rota de colisão. Durante toda a partida, que terminou empatada por 1 a 1, nesta quarta-feira, em Curitiba, o sistema de som do Durival Britto informou que os rubro-negros cariocas seriam liberados primeiro para que chegassem ao seu destino tranquilamente. E assim aconteceu, mas adeptos do Furacão aguardavam no meio do caminho, provocando uma pancadaria generalizada, e para evitar a confusão no RJ a Policia Militar se preparou previamente.

Os rubro-negros Flamengo e Atlético-PR definem o campeão da Copa do Brasil e o terceiro representante do país garantido na Libertadores de 2014 — até agora, Atlético-MG e Cruzeiro confirmaram suas vagas. O último título nacional que o Maracanã recebeu foi há quase quatro anos. No dia 6 de dezembro de 2009, o mesmo Flamengo derrotou o Grêmio por 2 a 1 e confirmou a conquista do Brasileirão. Curiosamente, os dois times estão de certa forma envolvidos com a decisão. Enquanto o carioca tenta o tricampeonato do torneio, os gremistas torcem pelo Atlético-PR para facilitar a classificação à Libertadores via Campeonato Brasileiro. O clube paranaense, algoz dos gaúchos — eliminou Brasil-Pel, Inter e Grêmio —, busca a sua primeira taça na competição e o primeiro título nacional desde o Brasileirão de 2001.

O Maracanã já conhece bem o clima de decisão da Copa do Brasil. Quatro campeões deram a volta olímpica por lá: Grêmio, em 1997; Juventude, em 1999; Santo André, em 2004; e o Flamengo, em 2006. O Flamengo esteve envolvido em três das quatro finais decididas no Mário Filho — ganhou apenas uma, contra o Vasco, e ficou com o vice-campeonato contra Grêmio e Santo André.

 

 

Faça o seu comentário