Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram o Enem em 2013 e que não tenham zerado a redação

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 deve ser divulgada até este sabado 4/1, pelo Ministério da Educação (MEC). Com isso, os alunos poderão fazer a inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) a partir de segunda-feira, 6, até as 23 horas e 59 minutos do dia 10 de janeiro, no horário de Brasília.

No último dia 31, o MEC divulgou a lista as instituições que participam do Sisu do primeiro semestre de 2014, além dos respectivos cursos e número de vagas de ensino superior ofertadas. As inscrições para o Sisu serão encerradas no dia 10 de janeiro.

O resultado da primeira chamada do Sisu será divulgado no dia 13 de janeiro e da segunda chamada, no dia 27. As inscrições são feitas exclusivamente pela internet no endereço eletrônicohttp://sisu.mec.gov.br.

O Sisu é um sistema informatizado desenvolvido pelo Ministério da Educação onde instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem. A seleção é feita pelo sistema com base na nota obtida pelo candidato. O candidato pode escolher até duas opções de curso, indicando a sua prioridade. Durante todo o período de inscrição, o estudante poderá alterar a opção de curso ou cancelar a inscrição.

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 devem ser divulgados nos dias 3 ou 4 de janeiro de 2014 (sexta ou sábado), segundo o Ministério da Educação (MEC). Na segunda-feira, 6, começam as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para as vagas do primeiro semestre de 2014.

A pasta divulgou nesta segunda-feira, 30, o cronograma do Sisu e confirmou a divulgação do resultado do Enem. Para concorrer a uma vaga em instituição pública de ensino superior pelo Sisu, é preciso ter feito a última edição do Enem e não ter zerado a redação. O número de vagas será divulgado na abertura do processo de inscrição.

Em 2013, cerca de 5 milhões de estudantes fizeram o Enem. O exame é pré-requisito também para a participação em outros programas.

O que pode ser feito com a nota do Enem:

Sisu

– Seleciona candidatos para vagas em instituições públicas de ensino superior.

Prouni

– Seleciona candidatos para vagas em instituições particulares de ensino superior.
– A seleção leva em conta a renda do candidato.
– Para concorrer a uma bolsa integral, o estudante deve ter renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.
– Para concorrer a uma bolsa parcial, de 50%, o aluno deve ter renda de até três salários mínimos.
– O edital deve ser divulgado entre janeiro e fevereiro.

Sisutec

– Oferece vagas gratuitas em cursos técnicos, em instituições públicas e priovadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica.
– A inscrição é feita pela internet e os candidatos são selecionados com base na nota obtida no Exame.
– Para participar, é preciso ter nota superior a zero na redação.
– O edital deve ser divulgado em fevereiro.

Fies

– Financiamento de 100% do valor da mensalidade e juros de 3,4% ao ano concedido a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores privados.
– O universitário deve ter avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.
– É preciso ter feito o Enem, mas não é exigida nota mínima para receber o financiamento.

Ciência sem Fronteiras

– Para concorrer a uma bolsa em universidade estrangeira, o estudante deve ter obtido 600 pontos ou mais no Enem.
– Os editais para o programa são abertos ao longo do ano.

Certificado do ensino médio

– O candidato deve fazer a opção na inscrição para o exame e ter 18 anos ou mais na data da prova.
– É preciso conseguir pelo menos 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento das provas objetivas e 500 pontos na redação.

 

Faça o seu comentário