Segundo o TSE, 14 pessoas foram presas até o meio-dia por crimes ligados às eleições; 374 urnas eletrônicas tiveram de ser substituídas por problemas.

7ey0ih70k0zg9o5aulrug5q47
Tânia Rego/Agência Brasil – 26.10.2014 Todas as urnas com pane foram trocadas por equipamentos eletrônicos; 32,9 milhões de pessoas participam das eleições

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que 88 ocorrências foram registradas no segundo turno das eleições municipais até o meio-dia deste domingo (30).  Desse total, 14 resultaram em prisão e outras 74 foram solucionadas sem a necessidade de detenção dos envolvidos. As seções eleitorais foram abertas às 8h.

De acordo com o tribunal, a maioria das prisões relacionadas às eleições foi motivada por boca de urna. Os outros casos que terminaram em reclusão foram por divulgação de propaganda, transporte ilegal de eleitores e corrupção eleitoral, além de uma cujo motivo não foi informado.

Até o meio-dia, 374 urnas apresentaram problemas no País e tiveram de ser substituídas, o que corresponde a 0,4% do total. O TSE informa que todos os aparelhos que apresentaram pane foram trocados por outros equipamentos eletrônicos, de modo que nenhuma seção eleitoral precisou de cédulas manuais para votação.

Ao todo, 32,9 milhões de eleitores devem votar neste domingo em 57 cidades brasileiras cujo pleito foi para o segundo turno. O processo conta com a participação de 390.237 mesários.

São Paulo

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) informou que, na manhã deste domingo, 69 urnas eletrônicas foram substituídas em todo o Estado.  Segundo o TRE-SP, todas as urnas que tiveram de ser substituídas foram trocadas por outros equipamentos eletrônicos. O tribunal paulista ainda não informou o número de ocorrências no Estado, mas garante que o pleito está tranquilo.

Em São Paulo, 5,4 milhões de pessoas devem voltar às urnas neste domingo para escolher os prefeitos. São 13 municípios paulistas com segundo turno: Bauru, Diadema, Franca, Guarujá, Guarulhos, Jundiaí, Mauá, Osasco, Ribeirão Preto, Santo André, São Bernardo do Campo, Sorocaba e Suzano.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, 133 urnas tiveram de ser substituídas até o meio-dia, sendo oito em Belford Roxo, quatro em Duque de Caxias, 16 em Niterói, sete em Nova Iguaçu, 21 em Petrópolis, quatro em São Gonçalo, uma em Sapucaia, duas em Volta Redonda e 70 na capital. O TRE-RJ também não divulgou até o fechamento desta reportagem o número de ocorrências no Estado.

As eleições ocorrem até as 17h. O TSE informa que quem não votou nem justificou a ausência no primeiro turno pode participar do segundo. Para participar, é preciso levar um documento oficial com foto.

 

Fonte: Último Segundo – iG 

Faça o seu comentário