Atualmente, as unidades Albert Schweitzer e o Rocha Faria têm juntas um custo de R$ 504 milhões anuais

hospitais municipalizados

A prefeitura do Rio promete reduzir em mais de R$ 150 milhões os gastos anuais com os hospitais estaduais Albert Schweitzer, em Realengo, e Rocha Faria, em Campo Grande, unidades que foram municipalizadas no início da semana.

Segundo o secretário-executivo de Coordenação de Governo, Pedro Paulo Carvalho Teixeira, garantiu que será possível oferecer um bom serviço aos pacientes, apesar do corte que será feito. Hoje, o Albert Schweitzer e o Rocha Faria têm juntos um custo de R$ 504 milhões anuais. O secretário apresentou uma planilha com uma redução de cerca de 30%.

As primeiras reformas no Albert Schweitzer, segundo Pedro Paulo, começarão a ser feitas nos próximos dias. E a previsão é de que, até o fim do mês, elas estejam entregues.