Em caso de beneficiários que já morreram, os herdeiros também têm direito de receber os valores guardados.