A quatro anos teve inicio o trabalho gratuito de Equoterapia no Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) Paulo Dacorso Filho em Seropédica. O idealizador do projeto é o Professor de Educação Física da UFRRJ José Ricardo da Silva Ramos, que semanalmente as terças-feiras, realiza este trabalho com ajuda de alunos da Rural e do instrutor de Equoterapia Luiz Carlos da Costa Carvalho morador de Paracambi.

O Professor José fala que a fila de pessoas interessadas neste trabalho é muito grande, e que precisa de ajuda de mais profissionais de educação física, para aumentar o numero de atendimento a essas crianças especiais. “A Equoterapia é um trabalho de reabilitação, terapia, e de escolarização  para as crianças com transtorno globais de desenvolvimento (TGD). Hoje estamos atendendo quatro crianças autistas, e também atendemos crianças com deficiência física, deficiência intelectual, encefalopatia cronica¹” destaca.

Encefalopatia crônica¹ é um grupo de sintomas incapacitantes permanentes, resultantes de danos as áreas do cérebro responsáveis pelo controle motor. Não progressiva que pode ter origem antes, durante ou logo após o nascimento e se manifesta na perda ou no comprometimento do controle sobre a musculatura voluntária. Caracteriza por um distúrbio de movimento ou postura dependendo do local e magnitude do dano os sintomas podem variar”

Durante o período de quatro anos, o trabalho de equoterapia tem ajudado muitas crianças com vários transtornos mentais, como relata o Sr. Claudio Rodrigues Ferreira, morador de Seropédica e pai de uma criança autista assistida pelo Professor José. “Este trabalho é de grande valor, desde que meu filho tem participado deste tratamento tenho notado uma mudança brusca no seu comportamento, seu desempenho mental tem melhorado muito para nossa satisfação, quero parabenizar esta equipe que vem atuando gratuitamente para ajudar meu filho e outras crianças. Eu sei que a fila de espera e muito grande, meu filho deu sorte em poder participar desta terapia, ele adora montar à cavalo, ele tem interagido melhor com outras pessoas” comemora Sr. Claudio.

Transtornos do Espectro Autista – TEA.

As pessoas com TEA podem se destacar em habilidades visuais, música, arte e matemática.

Ainda:

  • A maioria das pessoas com autismo é boa em aprender visualmente;
  • Algumas pessoas com autismo são muito atentas aos detalhes e à exatidão;
  • Geralmente possuem capacidade de memória muito acima da média;
  • É provável que as informações, rotinas ou processos uma vez aprendidos, sejam retidos;
  • Algumas pessoas conseguem concentrar-se na sua área de interesse especifico durante muito tempo e podem optar por estudar ou trabalhar em áreas afins;
  • A paixão pela rotina pode ser fator favorável na execução de um trabalho;
  • Indivíduos com autismo são funcionários leais e de confiança;
    DSC_0217
    Professor de Educação Física da UFRRJ José Ricardo da Silva Ramos, de óculos escuro
    DSC_0228
    A esquerda Professor de Educação Física da UFRRJ José Ricardo da Silva Ramos, a direita o instrutor de equoterapia Luiz Carlos da Costa Carvalho

    DSC_0230 DSC_0229 DSC_0227 DSC_0223 DSC_0224 DSC_0226 DSC_0222 DSC_0221 DSC_0220 DSC_0219 DSC_0241 DSC_0216 DSC_0217 DSC_0218 DSC_0240 DSC_0239 DSC_0238 DSC_0237 DSC_0232 DSC_0233 DSC_0234 DSC_0235 DSC_0236 DSC_0231 DSC_0230

 

Faça o seu comentário