06/12/2016 – 12:58h – Atualizado em 06/12/2016 – 12:58h

Os salários podem chegar a R$ 4 mil, além dos benefícios, e as oportunidades são para ambos os sexos

O Governo do Estado do Rio de Janeiro e a Secretaria de Estado de Trabalho e Renda (Setrab) divulgam a existência de 823 oportunidades de emprego em todo o estado. Os salários podem chegar a R$ 4 mil, mais benefícios. São chances para ambos os sexos e exigem formação entre o ensino fundamental incompleto e o superior completo.

Para deficientes existem 47 vagas, entre elas, 13 para Faxineiro, oito para Atendente de Lanchonete, sete para Vendedor, cinco para Repositor de Mercadorias, entre outras.

A Capital tem 375 chances, com destaque para 137 de Operador de Telemarketing, 29 de Motorista de Ônibus, 24 de Atendente de Balconista, 20 de Técnico de Telecomunicações, entre outras. A Região Metropolitana oferece dez vagas de Vendedor.

Para a Região Serrana são 24 vagas, com cinco para Alimentador de Linha de Produção, cinco para Carregador, três para Auxiliar de Escritório, duas para Auxiliar nos Serviços de Alimentação, entre outras. No Médio Vale do Paraíba são 67 vagas sendo 46 para Auxiliar nos Serviços de Alimentação, cinco para Farmacêutico, duas para Técnico em Segurança no Trabalho, entre outras. No Noroeste Fluminense existe uma vaga para Retalhador de Carne, uma para Trabalhador da Cultura de Cana-de-Açúcar e uma para Recepcionista.

As inscrições para se candidatar às vagas coletadas pela secretaria podem ser feitas nos postos SINE/Setrab (http://www.rj.gov.br/web/setrab/exibeconteudo?article-id=2566341) ou no site maisemprego.mte.gov.br. A Secretaria também mantém em seu site o PDF com a distribuição de chances existentes por região e função.

A Setrab esclarece que o banco de dados de emprego pode sofrer alterações momentâneas como inclusão/fechamento de vagas ou ampliação/redução de ofertas. Para manter o Painel de Vagas o mais atualizado possível, a Secretaria passou a divulgá-lo duas vezes na semana, sendo uma na terça-feira à tarde e outra na sexta-feira.

Faça o seu comentário