As vagas podem ser localizadas, em sua maioria, na Capital. Mas várias regiões do estado têm chances de emprego com carteira assinada. São para ambos os sexos e exigem ensino fundamental incompleto e ou superior completo. São 174 para deficientes.

Governo do Estado do Rio de Janeiro e a Secretaria de Estado de Trabalho e Renda (Setrab)informam a existência de 1.051 vagas de trabalho com carteira assinada em várias regiões do estado. Com exigência de formação entre o ensino fundamental incompleto e o superior completo e com Salários que podem chegar até R$ 5 mil. São para ambos os sexos. Entre elas estão 174 colocações para deficientes.

A Capital tem 744 vagas, sendo 250 para Repositor de Mercadorias, 150 para Operador de Telemarketing Receptivo, 70 para motorista de Ônibus Urbano, 62 para Faxineiro, 45 para Operador de Caixa, 50 para Montador de Móveis, 20 para Fiscal de Loja, 20 para Atendente de Lojas e Mercados, dez (10) para Vendedor no Comércio Varejista, dez (10) para Vendedor a Domicílio, dez (10) para Costureira na Confecção em Série, entre outras.

Na Região Metropolitana são 71 oportunidades, sendo 16 para Corretor de Imóveis, 15 para Embalador à Mão e dez (10) para supervisor de Transporte, entre outras. No Médio Paraíba são seis (6) vagas. A Região Serrana tem 51 chances, sendo 11 para Costureiro na confecção em Série, dez (10) Técnico de Vendas, entre outras.

Entre as oportunidades para deficientes, existem 51 para Atendente de Lanchonete, 20 para Repositor de Mercadorias, 30 para Operador de Caixa, 47 para Auxiliar de Escritório em Geral, 20 para Embalador à Mão, entre outras.

É importante salientar que as unidades não recebem currículos e que a inscrição para se candidatar às vagas coletadas pela secretaria devem ser feitas nos postos SINE/Setrab ou no site maisemprego.mte.gov.br. A secretaria também mantém em seu site o PDF com a distribuição de chances existentes por região e função.

A Setrab esclarece que o banco de dados de emprego pode sofrer alterações momentâneas como inclusão/fechamento de vagas ou ampliação/redução de ofertas. Para manter o Painel de Vagas o mais atualizado possível, a Secretaria passou a divulgá-lo duas vezes na semana, sendo uma na terça-feira à tarde e outra na sexta-feira.

Faça o seu comentário