Diferença entre os postos na capital pode chegar a quase 25%

De acordo com o mais recente levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP), a gasolina vendida no Rio é a mais cara entre todas as capitais do Brasil.

O estudo foi feito com base no preço cobrado em 419 postos da cidade. A média de todos os valores foi de R$ 4,72. O posto mais barato da capital cobra R$ 4,25, enquanto no mais caro o litro custa R$ 5,56. Uma diferença de 23,6%.

DIFERENÇA GRANDE

A diferença para a capital que comercializa a gasolina mais barata do Brasil é gritante. Em Macapá, capital do Amapá, o litro do combustível custa R$ 3,80, quase R$ 1 a menos que no Rio.

A culpa vai para o imposto. O responsável é o ICMS, que é de 34%, o mais caro para gasolina em todo país.Na prática, isso significa que, no preço praticado na bomba do posto de gasolina, R$ 1,60 são só para pagar imposto. Em comparação com São Paulo, por exemplo, são R$ 0,60 a mais.

Ao abrir o leque para todo o estado do Rio, o município que cobra mais caro pelo litro é Angra dos Reis. Por lá, a gasolina custa, em média, impressionantes R$ 5,13. Já São João de Meriti, na Baixada, é o município com a gasolina mais barata: R$ 4,54 pelo litro.

No Brasil, a média de preço da gasolina, no mês de março, foi de R$ 4,24, ou seja, R$ 0,48 a menos que a praticada na cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: O DIA

Faça o seu comentário