Obra será no Km 391, trecho conhecido como Casa da Moeda, em Itaguaí

A Rodovia Rio-Santos (BR-101) vai ganhar viadutos na altura do município de Itaguaí, na Baixada Fluminense, trecho da estrada conhecido como Casa da Moeda. Verba de R$ 4 milhões, oriunda de emenda parlamentar do deputado federal Alexandre Valle (PR-RJ), foi liberada ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), permitindo ao órgão convocar a construtora responsável pelo serviço.

De acordo com o Dnit, a obra será realizada no quilômetro 391,30 da rodovia, no trevo de acesso ao distrito industrial de Santa Cruz. A construção é um reivindicação antiga de moradores da região, especialmente de Itaguaí. O local tem elevado índice de acidentes, muitos deles fatais, e que deixaram vítimas até hoje sofrendo com sequelas.

A construção de viadutos também contribuirá para aumentar a segurança de motoristas e ciclistas que seguem para as praias da Costa Verde fluminense, pois esse trecho da Rodovia Rio-Santos é via de acesso para as praias.

O deputado Alexandre Valle recebeu com satisfação a notícia de que o superintendente regional do Dnit, Carlos Pascoal, convocou a construtora Colares Linhares SA, vencedora da licitação, para iniciar a construção no dia 19 de dezembro.

A Ordem de Início, nome técnico utilizado pelo Dnit, foi formalizada no último dia 16 de dezembro. “O Viaduto da Casa da Moeda é uma grande conquista para a nossa região. Mais uma vez venho agradecer ao ministro dos Transportes, Mauricio Quintella, por atender ao meu pedido dando a plena atenção que a obra merece. Muitas vidas foram perdidas nos acidentes ocorridos nesse trecho do Rodovia Rio-Santos”, afirma Alexandre Valle.

Conforme publicação no Diário Oficial da União, o contrato nº 613/2016, firmado entre o Dnit e a construtora Colares Linhares SA tem valor total de R$ 43.221.924,99. O prazo para conclusão dos viadutos é até 06 de outubro de 2017. 

Juliana Oliveira
Assessora de imprensa

Faça o seu comentário