Manifestação é liderada pelo ”Movimento Combustível Sem Imposto”; expectativa é que cerca de 10 mil pessoas estejam presentes no ato, que contará com o apoio também de caminhoneiros e entregadores

Na próxima quarta-feira (04/08), a Avenida Brasil, uma das mais movimentadas do Rio de Janeiro, poderá ser tomada por um intenso engarrafamento. Isso porque, de acordo com informações do jornal ”O Dia”, motoristas de transportes por aplicativo estão organizando uma grande manifestação que terá início às 07h e ocupará os 2 sentidos da via, com previsão de duração de aproximadamente 30 horas.

O protesto é liderado pelo ”Movimento Combustível Sem Imposto” e a expectativa dos organizadores é que cerca de 10 mil pessoas estejam presentes no ato, que contará com o apoio também de caminhoneiros e entregadores.

Vale ressaltar que o ”Combustível Sem Imposto” conta com o suporte do Sindicato dos Prestadores de Serviços por Aplicativos (SindMobi), cujos líderes também participarão da manifestação.

”Nosso objetivo é pressionar para que essa pauta de reinvindicações seja atendida. Nossa expectativa é, no mínimo, atingir alguns pontos dessa pauta. Estamos fazendo uma pressão interna. Isso vai ser só o início da greve. Daremos o pontapé inicial nesse movimento. Vamos marcar outras datas até conseguirmos ser atendidos, pois a situação de trabalho está inviável”, disse o presidente do SindMobi, Luiz Corrêa.

”Os aplicativos de mobilidade e entregadores têm escravizado esses prestadores de serviços por aplicativo. A grande maioria está trabalhando entre 14 e 16 horas diariamente, muitas vezes dormindo dentro do carro, para tentar trazer o mínimo do sustento para dentro de casa”, complementou Luiz.

Fonte: Diário do Rio