Investimento no setor de caixotaria soma R$ 2,6 milhões; obras começaram em setembro

 

Iniciadas no fim de setembro, as intervenções de urbanização da Secretaria de Obras na unidade Irajá da Ceasa-RJ (Central de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro) seguem em ritmo acelerado. As ações incluem a construção do pátio e 11 ruas de acesso ao setor de caixotaria. O Governo do Estado está investindo R$ 2,6 milhões nas obras, que incluem drenagem, meio-fio, calçadas e pavimentação. As intervenções vão melhorar as condições sanitárias e de trabalho das duas mil pessoas empregadas neste segmento.

– Reconhecemos a necessidade das intervenções, não apenas para dar dignidade aos mais de dois mil trabalhadores do local, mas também por uma questão sanitária, já que é deste local que saem as caixas por onde passa grande parte dos alimentos comercializados. O mercado é de extrema importância para o abastecimento da cidade – disse o vice-governador e coordenador de Infraestrutura do Estado, Luiz Fernando Pezão.

O secretário de Desenvolvimento Regional, Felipe Peixoto, destacou que as obras são uma prioridade.

– A situação da caixotaria sempre foi uma questão preocupante que precisava de solução urgente – disse Felipe Peixoto.

Durante o período de obras, os comerciantes da caixotaria foram deslocados para o local onde funciona o estacionamento da linha 10. O espaço também será contemplado com instalação de seis postes de energia solar.

Comerciantes comemoram

Para a comerciante Maria Teixeira, as intervenções vão trazer melhores condições para os trabalhadores da Ceasa.

– Trabalhei a vida toda aqui, de onde tirei o sustento para minhas cinco filhas. Convivi com poeira nos dias quentes e com lama nos dias de chuva. Estas obras significam a conquista de dignidade. É um sonho sendo realizado – disse a comerciante.

 

Faça o seu comentário