A Caixa Econômica Federal bloqueou centenas de milhares de contas usadas pelos beneficiários do auxílio emergencial, movimentadas pelo aplicativo Caixa Tem. Segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães, a medida foi tomada em razão da suspeita de fraude.

As pessoas prejudicadas pela suspensão devem solicitar o desbloqueio em uma agência da Caixa, pessoalmente, para comprovar sua identidade.

“Quando a pessoa vai à agência e mostra que é ela mesma, nós liberamos rapidamente. Se ela não for, ficará, sim, bloqueado, porque essa questão de fraude nesse momento de pandemia é inaceitável”, explicou.

Guimarães afirmou que os responsáveis já foram identificados e serão “rapidamente penalizados”.

Fonte: Central de Noticias 

Faça o seu comentário